Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Setembro 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Mação | Ciclo de 31 conversas termina com azulejos da Igreja Matriz e o Padre Amândio Mateus

Teve lugar na passada sexta-feira, 26 de maio, o último “À Conversa com…” e que teve o Pároco de Mação, Padre Amândio Mateus, como convidado. No início desta ‘Conversa’, o presidente da Câmara Municipal de Mação, Vasco Estrela, agradeceu a Mário Tropa, mentor do projeto, o apoio prestado ao Município de Mação, em prol da Cultura, neste e noutros eventos, de forma voluntariosa.

- Publicidade -

O tema do último “À Conversa Com…” deste ano foram os Azulejos da Igreja Matriz sendo que o evento não se realizou no Auditório mas na Igreja Matriz de Mação. A Matriz de Mação é um edifício concluído em 1597 mas, em meados do século XVII, as paredes foram cobertas de azulejos com características de painéis atapetados com padrões repetitivos.

Os azulejos de padrão policromado, cobrem as paredes na zona dos altares colaterais e laterais e o interior da nave central, enquadrando pequenos quadros devocionais. Já no século XX a Igreja sofreu várias intervenções ao nível dos muros, dos azulejos, colunas, capelas e  sacristias.

- Publicidade -

“À Conversa com…” é um espaço de conversa e de partilha de histórias, informações e aspetos diferenciados sobre Mação ou temas que interessem aos munícipes e que contou com 31 ‘Conversas’ sobre temas diversificados e dezenas de palestrantes convidados entre abril de 2014 e maio de 2017.

 

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome