Mação | Chanfana à moda da Queixoperra promete deliciar centenas de convivas

A Chanfana é um dos pratos típicos de Mação. Foto: mediotejo.net

Vem aí o tão esperado festival promovido pelo CRC de Queixoperra, em que a “cabra velha” assume todo o protagonismo. Assumindo-se a receita como património gastronómico da aldeia, a Chanfana à moda da Queixoperra não deixa ninguém indiferente, e edição após edição, o número de comensais vai batendo recordes. Em estratégia vencedora, não há muito por onde variar e nem é preciso: o segredo dos temperos e do tempo de cozedura continua nas mãos da Dona Regina. Este sábado, dia 19 de outubro, à hora do jantar todos os caminhos vão dar ao Festival da Chanfana de Queixoperra.

As inscrições pode assumir-se que ficam lotadas logo que acaba uma edição do Festival, reservando os participantes de ano para ano o seu lugar no salão do Centro Recreativo e Cultural de Queixoperra. Este ano estão previstas mais de 300 pessoas entre inscritos e convidados institucionais. E por falar em convites, as gentes de Queixoperra aguardam, desde 2018, com expectativa, a vinda do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para provar a iguaria, mas, para já, “não há confirmação”.

Quanto à lotação e adesão dos participantes, Rui Silva, presidente da direção da coletividade local, disse ao mediotejo.net que “o Festival ganhou fama e a cada ano as inscrições fecham mais cedo. Já andámos a tentar alargar o espaço, colocando mesas no recinto e fazendo cobertura, porque parece que o tempo não vai estar muito bom. Mas vamos ter sala cheia novamente”, afirmou Rui Silva, membro da organização

O evento é totalmente assegurado por voluntários, membros da associação local e não só, tendo em conta o muito trabalho necessário para bem servir os comensais. No ano passado foram sacrificados 9 animais, num total de 210 quilos de carne, cozinhados e preparados com 80 kg de batatas, 30 kg de cebolas, 2 kg de alhos, louro, hortelã, salsa, orégãos e outras ervas q.b.

Regina Martins é quem assume o comando da cozinha e deita o olho às grandes panelas onde a carne fica a cozer durante várias horas. E aí reside o segredo: acertar no ponto de cozedura, nem mais, nem menos.

Regina Martins, a mestre da culinária no Festival da Chanfana de Queixoperra, no concelho de Mação. Foto: mediotejo.net

À mesa juntam-se todos os anos apreciadores vindos de norte a sul do país, e não havendo lugar vago, há quem vá buscar a sua dose e leve para comer em casa.

Da fama não se livra o festival, que é já imagem de marca da pequena aldeia, e cujo futuro se vai garantindo pelo crescente número de participantes.

Este ano, a animação do jantar fica a cargo do Grupo de Concertinas “Seca Adegas”, de Proença-a-Nova, juntando-se assim os ingredientes para um bom convívio à volta da mesa, num evento de encontros e reencontros entre filhos da terra, amigos e simpatizantes.

Recorde-se que o Festival da Chanfana, iniciado em 2014 e que vai na sua sexta edição, é das principais iniciativas do CRC Queixoperra, a par da Festa de Verão, do Passeio Pedestre na Sexta-Feira Santa e da prova de atletismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here