Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Novembro 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Mação | Centro de Negócios instala 8 empresas, um ano após inauguração

O momento da assinatura de contratos com empresas no Centro de Negócios/Ninho de empresas integrou a programação do último dia de Feira Mostra de Mação, no domingo, 1 de julho. Um milhão de euros de investimento da autarquia visa dar melhores condições a 8 empresas num espaço que, um ano após ter sido inaugurado, representa uma das grandes apostas do Município no âmbito do desenvolvimento socioeconómico, sob o mote “Viver, trabalhar, investir no concelho de Mação”.

- Publicidade -

Vasco Estrela, presidente da CM Mação, lembrou neste “momento simbólico” que a criação do Centro de Negócios surgiu com o intuito de “ajudar o tecido empresarial do concelho, os pequenos e grandes empresários, para poderem valorizar os seus negócios e ter instalações a preços convidativos. Sentíamos que era um investimento importante, e que fazia falta ao concelho algo deste género. Durante este ano foi possível chegarmos ao dia de hoje com um número interessante de empresas já instaladas”, sublinhou, acrescentando que existiria a oportunidade de ter mais empresas, mas que “fazia sentido ter alguma cautela e calma na ocupação dos espaços”.

Joel Marcão, em representação do Gabinete Empreendedor de Mação (GEMA), apresentou o serviço prestado, bem como o site deste serviço da autarquia onde poderão ser consultadas as informações de apoio ao empreendedorismo.

- Publicidade -

O mesmo responsável referiu que, além das áreas de acolhimento empresarial disponíveis, há programas de apoio e incentivo regionais/nacionais, um Guia do Empreendedor, e informação sobre oferta/procura de imóveis para este fim. É ainda intenção trabalhar a promoção e divulgação das empresas instaladas, indo ao encontro das suas intenções para o crescimento do negócio.

Vasco Estrela, presidente da CM Mação, e Joel Marcão, representante do Gabinete Empreendedor de Mação (GEMA). Foto: mediotejo.net

Segundo Joel Marcão, as condições do Centro de Negócios melhorarão gradualmente, estando prevista a instalação de infraestruturas como receção, copa/local de convívio, balneários e sala de reuniões.

Após a assinatura dos contratos, que terão vínculo por 5 anos no ninho de empresas maçaense, e endereçados os votos de boa sorte por parte do autarca, seguiu-se uma visita aos pavilhões do Centro de Negócios, que servem enquanto área de acolhimento dos empresários e dos seus negócios.

A obra resulta da requalificação de edifícios industriais pertença do município (de uma antiga empresa de transportes) e passaram a incluir 29 módulos individuais que poderão ser disponibilizados em função das necessidades de cada empresa. Segundo a CMM há ainda possibilidade de se somarem mais módulos, por forma a gerar espaço aos futuros utilizadores para melhor gestão e organização da atividade.

Visita no interior de um dos pavilhões do Ninho de Empresas. Foto: mediotejo.net

Constituído por três edifícios autónomos, o Centro de Negócios/Ninho de empresas de Mação permite a instalação de empresas industriais, de índole tecnológica, de serviços/prestadores de serviços, de armazéns de várias tipologias e pluralidade de negócios.

O objetivo com este projeto, segundo a autarquia, é dotar o concelho de um Centro de Negócios onde os empresários encontrem espaços físicos que lhes dêem autonomia para estabelecerem as suas atividades de forma cómoda, a preços reduzidos, num local versátil e acessível, tornando-se verdadeiramente num “ninho de empresas”.

A filosofia de funcionamento desta infraestrutura insere-se na partilha de espaços e equipamentos comuns, como as salas de reuniões, salas de formação, serviços administrativos e segurança.

Recorde-se que o Centro de Negócios foi inaugurado no ano passado, a 30 de junho e durante a edição de 2017 da Feira Mostra, contando com presença do então Secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos.

Fotogaleria:

 

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome