Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Mação | Centro de Embalamento e Rotulagem de Azeite inaugura sábado

O Centro de Embalamento e Rotulagem de Azeite de Mação vai ser inaugurado este sábado, dia 11 de maio, às 15h00, nas instalações onde funciona o armazém da AmarMação, na Travessa Dr. João Calado Rodrigues, nas traseiras do antigo CNO. A iniciativa é da A Câmara Municipal de Mação, em parceria com a AmarMação, Associação de Desenvolvimento do Concelho de Mação.

- Publicidade -

Trata-se de uma pequena unidade devidamente licenciada, instalada nas instalações da AmarMação que estará, a partir dessa data, à disposição dos 22 lagares e centenas de olivicultores maçaenses que pretendam embalar e rotular o seu azeite, podendo desta forma ser colocado à venda em qualquer local da União Europeia. A gestão desta unidade será atribuída à AmarMação, através de regulamento específico.

Seguidamente, no Centro de Formação de Mação (zona industrial) serão apresentadas, pelos técnicos da APABI – Associação de Produtores de Azeite da Beira Interior, as regras e normas legais que regulam tais procedimentos, incluindo a legislação que regulamenta a qualidade dos vários tipos de azeite, ao qual se seguirá uma lanche-convívio oferecido pela Câmara Municipal de Mação.

- Publicidade -

De referir que, tendo em conta a importância da olivicultura no concelho de Mação, irá ter lugar uma ação de formação mais alargada no mês de junho, dedicada a toda a fileira olivícola.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome