Mação | Carvoeiro, a praia que é ouro sobre azul e um convite aos banhistas (c/video)

Foto: mediotejo.net

É a praia da região que mais galardões e distinções tem recebido ao longo da última década. E é também a que mais percalços tem conseguido ultrapassar, desde os incêndios florestais que a despiram até às intempéries que a deixaram virada do avesso, como aconteceu com a tempestade Elsa, no final de 2019. A Praia Fluvial de Carvoeiro, no concelho de Mação, volta a entrar na corrida dos sítios preferidos para fazer férias no concelho e na região e hasteou este ano a Bandeira Azul pelo 14º ano consecutivo, símbolo de qualidade e excelência, tendo ainda as bandeiras de Praia Acessível e Qualidade de Ouro, da Quercus.

PUB

Reconhecendo que esta praia fluvial é “uma das meninas de ouro do concelho”, a par da praia fluvial de Cardigos e a de Ortiga, entre outros espaços aprazíveis, o presidente da Câmara de Mação aproveitou a ocasião do hastear das Bandeiras para fazer um balanço positivo do que tem sido o arranque da época balnear em tempos excecionais, num contexto de pandemia de covid-19.

Vasco Estrela deu conta do esforço para que a praia fluvial pudesse reabrir com todas as condições ao público, após período de obras complexas, para solucionar os prejuízos avultados causados pela tempestade Elsa, levando a um investimento já superior aos 130 mil euros.

PUB

Por outro lado, e entendendo que as praias têm sido utilizadas com respeito pelas regras e indicações para permanência no espaço, voltou a apelar para que as pessoas assim continuem a manter comportamentos corretos, ficando em segurança e protegendo também os outros com distanciamento social, higiene e desinfeção das mãos e uso de máscara nos espaços comuns, como bar, balneários e casas de banho.

Foto: mediotejo.net

Este ano, as praias fluviais têm lotação definida, e acontece que todas têm ficado no período da manhã, ao fim-de-semana, com as lotações preenchidas. No Carvoeiro chegam a estar até à hora de almoço 300 pessoas, em Ortiga também o máximo de 300 pessoas permitidas e em Cardigos as 150.

Numa altura de desconfinamento, e em que se aprende a conviver com a covid-19, o Interior do país está a ser a escolha de muitos portugueses para férias ou escapadinhas em segurança, longe de grandes aglomerados ou de grandes cidades.

É o que se verifica em Mação, com os filhos da terra, vizinhos de outros concelhos e visitantes que já conheciam o espaço, que optam por trazer a família ou amigos, e passar tempo de qualidade nas praias fluviais maçanicas.

Esta valorização dos recursos e do território é almejada pelo edil maçaense, que não deixa de destacar os múltiplos projetos que estão a desenvolver-se no terreno, que servirão de complemento à oferta turística do concelho, contribuindo para a dinamização do concelho e maior aproveitamento dos locais e património: seja cultural, histórico ou o maior de todos, as suas gentes.

Vídeo

PUB

No caso, Vasco Estrela destaca o papel importante que o projeto Rotas de Mação está a desempenhar, vindo da sociedade civil e unindo uma série de entidades e instituições, permitindo dar a conhecer pontos e sítios do concelho carregados de História, e que a muitos tem passado despercebido.

Outro sinal de que o concelho pretende apostar na maior valorização e criar dinâmicas de turismo de natureza, prende-se com a recentemente lançada empreitada para criação da Rota das Pesqueiras, uma rota que pretende recuperar o património legado pelos antepassados, os pescadores, muitos oriundos de Ortiga, que ali passavam os dias na faina, o ganha-pão para famílias inteiras junto ao rio Tejo, perto da Barragem.

Foto: mediotejo.net

Sobre a praia

A Praia Fluvial de Carvoeiro localiza-se a cerca de 25 minutos de Mação, e situa-se na localidade de Carvoeiro. Costuma receber visitantes de toda a região e do país, e é um espaço apetecível para reunir com a família e deixar as crianças brincarem e correrem à vontade. Destaca-se pelo seu enquadramento natural, que lhe confere grande tranquilidade e cujas infraestruturas estão adaptadas à envolvente florestal, permitindo contacto muito próximo com a fauna e flora.

Dispõe de vários equipamentos, como balneários, bar, parque de merendas, churrasqueiras, espreguiçadeiras e toldos de palha, posto de primeiros socorros, estacionamento. Está dividida com zona de banhos para adultos e para crianças, e tem cadeira anfíbia para pessoas com mobilidade reduzida, bem como rampas de acesso aos patamares superiores.

Além de Carvoeiro, o concelho de dispõe de outros equipamentos e locais aprazíveis, estando em crer o município que este ano haja semelhante afluência de pessoas ao concelho como em anos anteriores, ainda que exista “grande grau de incerteza relativamente à situação de pandemia que se vive atualmente”.

O concelho costuma receber milhares de visitantes por esta altura para usufruir de lugares como a Praia fluvial de Cardigos, a Praia fluvial de Ortiga, o Pego da Rainha, na Zimbreira (Envendos), o Vale do Ocreza com as gravuras rupestres, percursos pedestres junto ao rio Tejo, entre outros locais que, aos poucos, vão sendo desvendados através do projeto Rotas de Mação.

Vasco Estrela, presidente da CM Mação, Vasco Marques, vereador da CM Mação com o pelouro respeitante às praias fluviais, e o representante da Junta de freguesia de Carvoeiro, hastearam as bandeiras no Carvoeiro no dia 10 de julho.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here