Sábado, Fevereiro 27, 2021
- Publicidade -

Mação | Carta Cultural consagra memórias e histórias da tradição oral maçaense

O Município de Mação, por via do projeto “Histórias das Nossas Memórias”, levado a cabo pelo Clube Sénior desde há dois anos, tem recolhido terra a terra o património imaterial do concelho, viajando através da memória e vozes dos mais antigos maçanicos que têm sigo guardiões da tradição oral passada de geração em geração. Agora, rezas, mezinhas, lendas, ditos e provérbios populares, canções e jogos, tradições e superstições vão ser compilados numa publicação, traduzidos numa Carta Cultural do concelho.

- Publicidade -

O trabalho tem sido feito no terreno, com recolha pelas técnicas da Câmara das áreas da Comunicação e Biblioteca, que têm trabalhado para recuperar a memória coletiva de Mação, sob as mais diversas formas e formatos, no sentido de agora as preservar e assegurar a sua transmissão para as gerações futuras.

Vídeo: Excerto de um dos registos feitos em torno deste projeto de recolha do património coletivo de tradição oral em Mação, que irá originar compilação numa Carta Cultural publicada em livro

- Publicidade -

“Muito no sentido daquilo que motivou a Carta Gastronómica de Mação, que resgatou comeres e sabores, este novo documento resgatará o património cultural oral. A compilação de toda esta informação será igualmente apresentada em forma de livro, apoiado por um conjunto de vídeos”, refere a autarquia em nota de imprensa.

Durante a recolha, ao longo dos últimos dois anos, têm-se comprovado que “cada terra com seu uso, cada roca com seu fuso”, na certeza de que “terra a terra, encontramos saberes e dizeres diferentes, o que é um gosto”.

O trabalho de recolha tem sido “condicionado pela pandemia e pelas próprias diretivas das entidades responsáveis, visto tratar-se de pessoas essencialmente idosas, mas cujos conteúdos continuam a ser transcritos e tratados conforme programado”, afirma a autarquia.

O projeto conta com apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, tal como outras iniciativas/projetos do Clube Sénior, no âmbito do projeto “+ Atividade – Solidão”.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).