Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Mação | Biblioteca Municipal incentiva crianças à leitura e contacto com os livros

A Câmara Municipal de Mação volta a desenvolver através dos serviços da Biblioteca Municipal, um projeto de apoio ao plano curricular das escolas, com objetivo de motivar as crianças e jovens para a leitura. Este projeto anual, aplica-se às crianças dos jardins-de-infância e escolas de 1º ciclo.

- Publicidade -

Dentro deste projeto são desenvolvidas atividades como “Contos que se Contam… Histórias que se Ouvem”, “Cientistas de Palmo e Meio”, “Ateliers de Culinária”, entre outros.

O público-alvo são as crianças dos jardins-de-infância e 1º ciclo do concelho de Mação, sendo que os educadores e professores podem solicitar, por marcação, uma atividade na Biblioteca ou em sala de aula.

- Publicidade -

Foto: CMM

Mensalmente são definidas histórias livres pela Biblioteca, mas os professores podem solicitar a leitura de livros de acordo com as metas curriculares estabelecidas.

Na passada semana, as técnicas da Biblioteca Municipal fizeram uma atividade com os alunos do 3º ano do 1º ciclo de Mação, contando uma história do Plano Nacional de Leitura e desenvolvendo um atelier de expressão plástica sobre o tema do livro.

Futuramente, no âmbito de um acordo de colaboração entre o Município e o Agrupamento de Escolas, a Biblioteca Municipal vai também dinamizar às terças e quinta-feiras no período da tarde a Biblioteca Escolar da Escola EB1 de Mação, estando presente um técnico da Biblioteca no espaço, motivando e auxiliando as crianças a pesquisar, estudar, consultar e estar entre livros.

Foto: CMM

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome