- Publicidade -

Mação | Bebés nascidos em 2020 contemplados com cabazes e cheques-prenda

A Câmara Municipal de Mação voltou a dinamizar o projeto “Bebé+Mação”, pelo 6º ano consecutivo, tendo oferecido entre os dias 31 de março e 1 de abril cabazes com produtos de puericultura e dois cheques-prenda aos 23 bebés nascidos em 2020. Também foi entregue um pacote literário, que inclui o cartão de leitor da Biblioteca Municipal, promovendo o incentivo à leitura desde tenra idade.

- Publicidade -

Esta é uma das medidas de apoio e incentivo à natalidade promovidas pela autarquia, e este ano representou um investimento de 7 mil euros.

“Foram entregues a todos os pais dos 23 bebés do concelho de Mação, nascidos durante o ano de 2020, um cabaz com produtos para o bebé no valor de 200 euros” e “cada família recebeu ainda dois talões-presente no valor de 50€”, pode ler-se numa nota enviada à imprensa.

- Publicidade -

Cabazes personalizados com produtos de puericultura, no valor de 200 euros cada. Créditos: CM Mação

A equipa da CPCJ Mação presenteou as crianças com um livro, “algo que já faz há quase duas décadas, procurando promover a leitura, o ouvir histórias desde pequenos”, tendo ainda a Biblioteca Municipal emitido e entregue os cartões de leitor aos mais novos maçaenses.

Habitualmente, decorreria uma festa dedicada às famílias e crianças no auditório do Centro Cultural Elvino Pereira, com uma pequena cerimónia de homenagem e de entrega destes cabazes, culminando com momentos de música e animação e interação para os bebés e pais. A pandemia não permitiu que tal acontecesse, interrompendo uma prática que dura há 6 anos consecutivamente, tendo a entrega dos bens sido feita em dois momentos distintos, com espaços de 15 minutos entre as famílias dos bebés, no Salão Nobre dos Paços do Concelho.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).