Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Novembro 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Mação | Associação Magalhães a postos para a melhor Semana Académica de sempre

A concretizar 10 anos de existência, a Associação Magalhães, de Mação, acolhe entre quinta-feira e sábado a 6ª edição da Semana Académica e da Juventude de Mação. A iniciativa, que é a “menina dos olhos” desta jovem associação e que acontece de 29 a 31 de março, assume este ano novos contornos, estando prometidas novidades em termos de produção e qualidade dos espetáculos, com reforço de segurança. O evento, que aguarda milhares de visitantes, assenta num programa musical, cultural e desportivo e promete ser uma das maiores de sempre.

- Publicidade -

Em conferência de imprensa, o presidente da Magalhães, Daniel Jana, assumiu que a SAJ é um dos principais eventos anuais da associação. “Este ano teremos muitas novidades, notando algumas diferenças em relação a edições anteriores, também marcadas pela evolução do evento, que tem vindo a crescer”, referiu o presidente da associação.

O programa reparte-se em três vertentes, nomeadamente animação musical, cultural e desporto.

- Publicidade -

Presentes na mesa de conferência, junto a Daniel Jana, estiveram igualmente Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal de Mação (parceria institucional), Margarida Lopes, vereadora com os pelouros da Cultura e Juventude, e também Pedro Silva, representante da Andamento Produções, entidade parceira da realização do evento em termos de produção.

O evento, segundo informado pelo presidente da direção da Associação Magalhães, decorrerá no mesmo local de anos anteriores, numa tenda instalada junto ao Campo Municipal Agostinho Pereira Carreira, mas os moldes serão outros.

Foto: mediotejo.net

“A casa onde o evento acontece será uma tenda de uma tipologia diferente, que acaba por ser consideravelmente maior como é também uma tenda com uma tipologia semi orbital. Uma tenda que em termos de produção irá permitir tornar o trabalho diferente e os espetáculos mais apelativos, dado que permite suspender equipamentos na própria tenda, quer ao nível do palco, quer noutros apontamentos surpresa que irão existir, não só centrados no palco, mas também noutras posições na tenda”, explicou Pedro Silva, da Andamento Produções.

O mesmo responsável explicou que há um maior cuidado, dando-se “um passo em frente” no que toca ao nível de segurança, acompanhando o crescimento do evento, em termos de dimensão e lotação, havendo um plano de segurança mais complexo e que irá dar resposta à grande afluência esperada.

Contando-se com um investimento total de 35 mil euros, dos quais 7500 euros são apoio da autarquia, aprovado por unanimidade em reunião pública, o evento conta ter “casa cheia” com participantes vindos de vários pontos do distrito Santarém e não só, que são já garantidos de ano para ano.

Vasco Estrela, autarca da CMM, mostrou reconhecimento perante a atividade da Associação Magalhães, garantindo que o apoio dado pela Câmara é “um contributo financeiro maior” representando o “triplo do investimento anterior”, com vista a dar mais “robustez” à iniciativa. Ainda assim, o autarca acrescentou que se trata de um “esforço financeiro comportável”.

Mencionando o envolvimento da associação a nível social, estando muito próxima da sociedade maçaense, o autarca recordou inclusivamente o apoio dado pelos jovens durante os fogos do verão de 2017, com apoio às populações, distribuição de refeições no terreno e até no combate às chamas.

Foto: mediotejo.net

Por sua vez, Margarida Lopes, vereadora da CMM com os pelouros da Cultura e Juventude, recordou que este evento vem mostrar que, independentemente de Mação não ter universidade (exceto sénior) isso não significa que não possa existir uma Semana Académica e da Juventude, dedicada à camada jovem do concelho e da região. A vereadora, que congratulou os Magalhães por mais esta edição da SAJ, notou que este evento serve de “ponto de encontro” dos jovens que estão fora, por motivos profissionais ou a estudar, e que regressam às suas raízes para confraternizar e aproveitar a iniciativa.

SAJ: da música, à cultura e ao desporto

A cerimónia de abertura acontecerá esta quinta-feira, dia 29 de março, pelas 21h30, no Cine-teatro, com noite de Tunas, contando com presença da Real Académica Tuna Acapella e da INOPORTUNA (ambas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa) e da ISSÓTUNA – Tuna Mista da Escola Superior de Educação de Santarém.

No âmbito desportivo, repete-se o Torneio Fairplay de Futsal no Pavilhão municipal, pelas 12h00, no dia 30 de março.

No âmbito cultural, surge ainda a palestra “Guardião das Portas de Ródão”, com o ortiguense Arlindo Consolado Marques, sobejamente reconhecido como “guardião do Tejo” e voz ativa na denúncia da poluição ao longo do rio que banha o concelho de Mação e tantos outros concelhos ribeirinhos da região do Médio Tejo.

A sessão decorre pelas 16h00, no dia 31 de março (sábado), no auditório do Centro Cultural Elvino Pereira, em Mação.

Fonte: Associação Magalhães

Quanto ao cartaz musical, a forte componente deste evento, divide-se entre os dias 29, 30 e 31 de março, com nomes da música portuguesa reconhecidos nos tops e não só. Os destaques deste cartaz vão para a banda RED, Saídos da Casca, Wet Bed Gang e Karetus.

Este evento surgiu há seis anos “devido aos membros da Associação serem na sua maioria, na altura, estudantes universitários” e consigo trazerem a vontade de fazer na sua terra “algo que experienciavam nas cidades que os acolhiam para estudar”.

Daí, aparece a “primeira Semana Académica do país numa vila que não tem universidade, mas tem os jovens, os estudantes, e, principalmente, o espírito”, lê-se na informação cedida pela organização.

Cartaz da edição de 2018. Fonte: Associação Magalhães

A Associação Magalhães de Mação tem como fim promover e desenvolver atividades de cariz solidário, desportivo, recreativo, lúdico, educativo e cultural para a população em geral, com um foco especial na juventude do concelho de Mação. O seu objetivo passa por contribuir para o desenvolvimento do concelho através de inúmeras atividades que desenvolve ao longo do ano em prol das suas terras e das suas gentes, considerando-se uma associação de e para Mação.

Quanto aos bilhetes, estarão disponíveis passes gerais, com o custo de 13 euros para os 3 dias. Ainda assim, os passes individuais são de 4 euros para dia 29 e de 6 euros nos restantes dias, 30 e 31.

Desde o dia 1 de março que os ingressos podem ser adquiridos nos locais habituais, desde postos de turismo, estabelecimentos comerciais/hoteleiros e junto da Associação de Estudantes do Agrupamento de Escolas Verde Horizonte de Mação, parceira do evento.

Saiba mais sobre a atividade desta associação e sobre o evento na página de Facebook e no site.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome