- Publicidade -

Segunda-feira, Dezembro 6, 2021
- Publicidade -

Mação acolhe prova do Campeonato de Rally Raid este fim-de-semana

O concelho de Mação vai ser palco de dois dias onde a emoção vai cruzar com a navegação todo-o-terreno ao longo de cerca de 400 km, com a primeira prova do Campeonato Nacional de Rally Raid 2021. A prova acontece no sábado e domingo, dias 20 e 21 de novembro, contando com organização do MAC TT – Clube TT de Mação, e com apoio da Câmara Municipal. O arranque dá-se na sede do MAC TT, na Escola Fixa de Trânsito, e as etapas terminam na pista de trial da vila. Alerta-se para a passagem dos pilotos em diversas freguesias do concelho ao longo do fim-de-semana, uma vez que os percursos não estão cortados ao trânsito.

- Publicidade -

Esta é uma prova aberta a motas, quads e SSV, sendo que o R3 (Roadbook Rally Raid) é adequado a todos os que desejem participar, desde o piloto mais experiente que quer treinar para uma prova oficial, até ao iniciado que deseja testar o desafio da navegação por roadbook.

Baseado no formato aprovado pela FIM e FIA e respeitando todos os princípios de navegação em uso nas provas do Campeonato do Mundo e no Rally Dakar, o R3 pretende ser uma referência de qualidade e precisão que permita a todos os participantes uma autêntica experiência de navegação, como um profissional.

- Publicidade -

Este campeonato é organizado pela Federação de Motociclismo de Portugal (FMP) e pelos clubes selecionados pela própria FMP, com o apoio da R3 Roadbook Rally Raid.

A organização deixa ainda aviso uma vez que os percursos não estão cortados à circulação do trânsito regular, pelo que se alerta para uma maior precaução e cuidado nos locais e horários abaixo indicados.

A segunda prova do Campeonato realiza-se em Alcanena, de 3 a 5 de dezembro.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome