Leiria | Hospital implementa sistema de combate à falsificação de medicamentos

Hospital de Santo André, Leiria. Foto: D.R.

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) tem em funcionamento um novo sistema que permite detetar medicamentos falsificados, adianta a instituição em nota de imprensa.

PUB

“O CHL é assim um dos primeiros hospitais do País a cumprir a diretiva europeia que estabelece um código comunitário relativo aos medicamentos para uso humano, para impedir a introdução de medicamentos falsificados na cadeia de abastecimento legal, e que prevê que este tipo de sistemas seja aplicado a todos os hospitais e farmácias comunitárias (de venda ao público) na União Europeia”, refere a mesma informação.

Esta diretiva refere que na União Europeia se regista “um aumento alarmante de medicamentos que são falsificados no que diz respeito à sua identidade, história ou origem. Esses medicamentos contêm normalmente componentes fora das especificações ou falsificados, ou não contêm um ou mais componentes, ou contêm componentes – incluindo substâncias ativas – em dosagens incorretas, representando uma ameaça séria para a saúde pública”.

PUB

“O mesmo documento define a importância de se criarem e harmonizarem dispositivos de segurança na União, que devem permitir verificar a autenticidade e identificar cada embalagem, bem como comprovar a sua eventual adulteração”, conclui.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here