Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Outubro 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Leiria/Fátima | Escuteiros da região ajudam a reabilitar aldeia em Arouca

Decorreu na última semana a atividade “Sol a Sol”, uma iniciativa anual, de âmbito nacional, cujo objetivo é o de reconstruir e manter a aldeia da Drave, no concelho de Arouca. A aldeia, face à sua localização, não possui eletricidade, água corrente ou rede de telemóvel e é atualmente a Base Nacional dos Caminheiros (escuteiros dos 18 aos 22 anos), que a estão a reconstruir há quase 20 anos. Nesta edição participaram três jovens do Corpo Nacional de Escutas (CNE) de Leiria-Fátima.

- Publicidade -

Integraram a atividade Ricardo Maria, Inês Lopes e Diogo Jorge, caminheiros da região de Leiria-Fátima. Para Inês Lopes, que durante o último ano também fez parte do staff da Drave, “participar num “Sol a Sol” é uma experiência muito intensa onde se é obrigado a conviver com pessoas com quem nunca se contactou antes”. No entanto, acrescenta que “estamos a trabalhar por um bem maior com pessoas que têm um objetivo comum”.

Segundo explica nota de imprensa do CNE de Leiria-Fátima, “o funcionamento e manutenção do campo escutista que funciona na Drave assenta essencialmente no voluntariado que, fazendo parte do staff permanente ou em atividades pontuais ao longo do ano, vão ajudando a manter e melhorar a aldeia. Também na região escutista de Leiria-Fátima, a Quinta do Escuteiro (QE), localizada na Batalha, assenta inteiramente no trabalho voluntário de escuteiros e dirigentes que se dedicam à manutenção e gestão daquele espaço”.

- Publicidade -

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome