Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Junta de Freguesia de Constância assinala 25 de abril com almoço convívio

Em Constância, a junta de freguesia local promoveu um passeio pedestre e um almoço comemorativo do 25 de abril, onde se juntaram mais de 100 pessoas, entre elas a presidente da Câmara Municipal, Júlia Amorim.

- Publicidade -

João Baião, presidente da junta de freguesia de Constância, disse que o intuito da iniciativa era “assinalar o 25 de abril, para que não fique esquecido enquanto data importante para a democracia e para a liberdade”.

De cravo na lapela, o autarca disse ter bem vivas as recordações do 25 de abril de 1974, andava ainda na escola primária, “com as movimentações dos militares e o encerramento da ponte sobre o rio Zêzere. É importante que os mais jovens não percam estas referências da história recente do nosso país e da nossa democracia”, defendeu.

- Publicidade -

No percurso pedestre interpretativo participaram cerca de 70 pessoas, que se juntaram depois ao almoço convívio.

Júlia Amorim, presidente da Câmara de Constância, destacou a data como importante para a “autonomia do poder local democrático”, tendo lembrado que as 3 freguesias do concelho (Montalvo, Santa Margarida e Constância) assumiram estas comemorações há alguns anos, com a realização de diversas atividades de base popular.

“É um dia para celebrar mas também para recordar que é preciso consolidar e continuar a construir a nossa democracia e a combater as desigualdades sociais que ainda subsistem”, defendeu.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here