- Publicidade -

Sábado, Dezembro 4, 2021
- Publicidade -

Jogos Olímpicos: Receção surpresa no regresso de Francisca Laia a Abrantes (c/vídeo)

A jovem canoísta Francisca Laia foi recebida ao final da tarde de quarta-feira, 25 de agosto, por um grupo de amigos e familiares na Praça Barão da Batalha, numa receção surpresa bastante animada. ‘Kika’, como é carinhosamente tratada pelos mais próximos, mostrou-se visivelmente emocionada, cumprimentando todos.

- Publicidade -

A autarquia uniu-se à iniciativa, estando presentes alguns vereadores da CM bem como a autarca Maria do Céu Albuquerque que, por força das circunstâncias, teve de retirar-se para cumprir funções.

Faixas com palavras de encorajamento, muitos abraços, selfies para mais tarde recordar… a receção teve ainda um momento emocionado, onde a atleta propôs um brinde e agradeceu a presença de todos e do apoio que lhe deram até aqui.

- Publicidade -

Francisca Laia disse ao mediotejo.net que o segredo para o sucesso, neste que foi um dos pontos mais altos da sua carreira desportiva, foram a “ambição, disciplina e dedicação”. “Neste país – infelizmente – temos de ser nós a querer, temos de ser nós a sonhar e a lutar pelos nossos sonhos, porque ninguém o vai fazer por nós”, acrescentou a atleta.

‘Kika’ destacou ainda a falta de apoios aos atletas, fazendo notar que “precisamos de apoios para conseguimos ser muito bons”.

Natural de Abrantes, Francisca Laia afirma: “Cá estarei para pagaiar todos os quilómetros que forem precisos”, levando sempre “Abrantes no coração”.

Quando questionada sobre os JO de Tóquio, em 2020, Francisca mostrou entusiasmo, dizendo “vou lutar para estar lá”, mas “com calma”, pois “são quatro anos” que ainda faltam e “muita coisa pode acontecer”.

Fique com alguns momentos desta receção da atleta que ‘colou’ os abrantinos, e não só, à edição dos JO RIO2016, nomeadamente com a campanha nas redes sociais #euremocontigo.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome