Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Agosto 6, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

IP Tomar – Rugby volta a disputar o Nacional e já conhece adversários

Após uma época em que o IP Tomar – Rugby disputou o Circuito Nacional de Equipas Emergentes, o Clube “Nabantino” vai este ano voltar a disputar o Campeonato Nacional da Segunda Divisão e Taça de Portugal.

- Publicidade -

Esta época, para o Campeonato Nacional da Segunda Divisão, estão inscritas 17 equipas de norte a sul do País, divididas em dois Grupos: Norte Centro e Lisboa Sul. O IP Tomar – Rugby ficou colocado no Grupo Lisboa – Sul onde jogará com o Belas Rugby Clube, Clube de Rugby de Setúbal, Rugby Clube de Loulé, Ubuntu, Clube de Rugby de Borba, Tecnologia e Rugby Clube de Elvas.

O campeonato terá início a 3 de dezembro – os tomarenses estreiam-se em Loulé -, sendo a ultima jornada disputada a 6 de maio em Setúbal. As meias-finais jogam-se a 20 de maio, e a final, para apurar o Campeão Nacional da Segunda Divisão, vai ser disputada a 3 de junho.

- Publicidade -

Relativamente à Taça de Portugal, cujo sorteio já se realizou, a prova vai-se disputar com as equipas da Segunda Divisão, Primeira Divisão e Divisão de Honra tendo calhado ao IP Tomar – Rugby defrontar o Belas Rugby Clube, jogo esse a disputar em Tomar a 15 de outubro e que será o primeiro jogo oficial da época de 2016 – 2017.

Para a época que se avizinha está o IP Tomar – Rugby já a trabalhar sendo que o treinador será Nuno Fernandes, coadjuvado por Francis Gerard Mcbride. Os directores de equipa serão Francisco Madureira e Dário Marreiros.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome