Incêndios | Operação Floresta Protegida’2018 da GNR chega a Abrantes

No âmbito da operação “Floresta Protegida’2018”, a Guarda Nacional Republicana (GNR) vai estar no Concelho de Abrantes, nos dias 28 de fevereiro e 1 de março, com vista a reforçar a sensibilização da população para a prevenção de situações que contribuem para o surgimento de incêndios florestais.

PUB

O arranque da operação está marcado para as 08h45 de quarta-feira, dia 28 de fevereiro, na Praça Raimundo Soares, onde a presidente da Câmara dará as boas-vindas aos 20 elementos dos GIPS (Grupos de Intervenção de Proteção e Socorro) envolvidos na operação.

Os operacionais e 10 viaturas do Comando Territorial da GNR de Santarém partirão depois para o terreno, percorrendo o Concelho de Abrantes, nos dias 28 de fevereiro e 01 de março.

PUB

O objetivo da ação é sensibilizar, aconselhar e informar a população para a necessidade de proceder voluntariamente à limpeza dos terrenos até ao dia 15 de março: limpar o mato 50 metros à volta das habitações em zonas rurais e florestais, incluindo as confinantes com áreas urbanas e 100 metros à volta das aldeias. Posteriormente, será realizada uma fiscalização intensiva, de acordo com uma carta de risco, em coordenação com outras entidades.

No âmbito desta operação da GNR, será feita uma georreferenciação dos terrenos em infração, cuja informação será remetida às Câmaras Municipais.

A equipa de sapadores florestais, gerida pela Associação de Agricultores através de protocolo com o Município, encontra-se presentemente a realizar limpezas em terrenos municipais.

PUB
PUB
Paula Mourato
A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).