Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Maio 14, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Incêndios | Grande fogo na Sertã, Proença-a-Nova e Mação dominado (C/ ÁUDIO)

O grande fogo na Sertã, que alastrou depois aos concelhos de Proença-a-Nova e Mação, afetando os distritos de Castelo Branco e Santarém, foi dominado hoje de manhã, disse à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

- Publicidade -

“O incêndio está de facto dominado, ficou dominado há alguns minutos atrás, portanto é uma boa notícia”, declarou a adjunta de operações da ANPC Patrícia Gaspar, pelas 11:25 de hoje.

Segundo a responsável da Proteção Civil, todo o dispositivo de combate ao fogo vai manter-se no terreno “durante as próximas horas” para garantir “uma resposta permanente” a todas as situações que possam surgir em termos de reativações.

- Publicidade -

O incêndio deflagrou na tarde de domingo no concelho da Sertã (distrito de Castelo Branco) e alastrou a Proença-a-Nova, bem como ao concelho de Mação (distrito de Santarém).

Outros seis fogos ativos estavam, pelas 04:45, classificados como ocorrências importantes: em Penacova (Coimbra), Gavião (Portalegre), Nisa (Portalegre), Proença-a-Nova (Castelo Branco) e Mangualde (Viseu).

Mais de dois mil operacionais combatem fogos em Castelo Branco, Portalegre e Coimbra

Quase dois mil operacionais combatiam às 06:30 incêndios no distrito de Castelo Branco, Portalegre e Coimbra, sendo que o fogo da Sertã é o que mobilizava mais meios, 1.158, segundo a Proteção Civil.

De acordo com informação disponível na página da Internet da Autoridade Nacional da Proteção Civil, o incêndio que mais preocupa é o que lavra na Sertã, que começou no domingo e se estendeu aos concelhos de Proença-a-Nova e Mação, no distrito de Santarém (que chegou a ameaçar a sede do concelho e casas e que já está desde a madrugada de hoje em fase de rescaldo).

Este incêndio na localidade de Mosteiro de São Tiago, freguesia de Várzea dos Cavaleiros, concelho da Sertã, distrito de Castelo Branco, tinha, às 06:30 três frentes ativas e estava a ser combatido por 1.158 operacionais, com o apoio de 363 veículos.

Também no distrito de Castelo Branco, está por controlar um incêndio em Malhadal, no concelho de Proença-a-Nova, que deflagrou na quarta-feira às 20:28 e que mobiliza 177 operacionais, com o auxílio de 56 veículos.

Por dominar está também o fogo que deflagrou na quarta-feira em São Mamede, na freguesia de Lorvão, concelho de Penacova, que tem cinco frentes ativas e mobiliza 506 operacionais, com o auxílio de 162 veículos.

No distrito de Portalegre, continua por dominar o incêndio em Albarrol, freguesia de Arez e Amieira do Tejo, no concelho de Nisa, que tem duas frentes ativas e mobiliza 209 operacionais, com o auxílio de 63 meios terrestres.

Também em Nisa, está por controlar o incêndio com duas frentes ativas, na localidade de Portas de Rodão, na freguesia de Santana, que está a ser combatido por 122 operacionais, com o apoio de 37 veículos.

Ainda no distrito de Portalegre, lavra ainda com intensidade o fogo que deflagrou em Ribeira de Eiras, freguesia de Belver, no concelho de Gavião e que mobilizava às 06:30 243 operacionais, com o auxílio de 61 veículos.

A ANPC dava ainda conta de um incêndio na localidade de Abrunhosa do Mato, freguesia de Cunha Baixa, concelho de Mangualde, distrito de Viseu, que está a ser combatido por 132 operacionais, com o apoio de 38 veículos.

Às 06:30, a ANPC dava conta de 49 incêndios, 23 dos quais em curso, quatro em resolução e 22 em fase de conclusão.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome