Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Incêndios | Câmara da Sertã unânime nas homenagens

Por unanimidade, a câmara da Sertã aprovou no dia 21 um comunicado de pesar pelas vítimas dos incêndios que deflagraram na região, de homenagem e de agradecimento a todos os que colaboraram no combate às chamas e a todos os que ajudaram das mais diversas formas para mitigar as carências dos bombeiros e das populações.

- Publicidade -

O Executivo aprovou “um voto do mais profundo pesar às Famílias das pessoas que pereceram neste fatídico acontecimento”, o incêndio que deflagrou em Pedrógão Grande no dia 17 de junho.

Prestou “homenagem sentida” e apresentou “profunda solidariedade” às populações afetadas e às autoridades locais dos concelhos de Pedrógão Grande, Castanheira de Pêra, Figueiró dos Vinhos e de Góis.

- Publicidade -

O concelho da Sertã também foi afetado por este incêndio, nomeadamente as freguesias do Carvalhal, Castelo e Cernache do Bonjardim, o que suscitou “os mais variados atos de ajuda e solidariedade”, que mereceram um agradecimento da autarquia sertaginense.

Também as entidades estatais e governamentais que se deslocaram à região, nomeadamente Presidente da República, Ministra e Secretário de Estado da Administração Interna e Ministro da Educação foram alvo do agradecimento.

Da Câmara de Oeiras chegaram no dia 19 à Sertã, “três camiões com muitas toneladas de produtos para confortar e auxiliar as populações e Proteção Civil”, gesto de solidariedade reconhecido pelos autarcas do concelho.

Aos Municípios de Castelo Branco, Mação e Vila de Rei, a câmara da Sertã agradeceu a disponibilização das suas máquinas de rastos para abrir aceiros e facilitar o combate ao incêndio.

No rol dos agradecimentos não poderia faltar uma palavra especial para os bombeiros pelo seu “forte empenho, profissionalismo e enorme dedicação”.

Outras entidades civis, militares e religiosas e população sobretudo as pessoas atingidas pelo incêndio mereceram uma palavra de gratidão por parte da Câmara.

O comunicado termina num tom mais pessoal por parte do Presidente da Câmara José Farinha Nunes dirigido aos seus colegas presidentes de câmara atingidos por esta tragédia, com “uma palavra muito pessoal e próxima, de amizade, de apoio, de total solidariedade”.

“Os tempos são difíceis e de reconstrução. A dor das famílias afetadas pela catástrofe também os atinge a eles. Sei bem. Desejo muita coragem para que desempenhem melhor que nunca e com muito sucesso as suas missões”, conclui o edil.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome