Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Incêndio na Sertã envolve 287 bombeiros e 7 meios aéreos

Entrou em fase de resolução o incêndio que chegou a lavrar com alguma intensidade entre as 13:40 e as 16:38 numa zona de povoamento florestal no concelho da Sertã, nomeadamente na freguesia da Várzea dos Cavaleiros, localidade de Mosteiro de São Tiago.

- Publicidade -

Segundo a página oficial da Proteção Civil, no teatro de operações estavam às 17:22, ainda no terreno, 289 operacionais, apoiados por 81 meios terrestres e 7 meios aéreos.

Também já resolvido, e ainda na região do Médio Tejo, está um incêndio que principiou às 15:55 em Abrantes, em Cabrito, na União de Freguesias de São Miguel do Rio Torto e Rossio ao Sul do Tejo. No local estavam, às 17:22, 13 bombeiros, apoiados por 3 viaturas. “Foi restolho que esteve a arder e rápidamente resolvemos a situação”, disse ao mediotejo.net o comandante dos bombeiros de Abrantes, António Manuel.

- Publicidade -

Segundo o comandante dos bombeiros voluntários de Abrantes, na localidade de Sentieiras, freguesia de Fontes,  mantêm-se 183 operacionais apoiados por 62 viaturas, em trabalhos de rescaldo e vigilância relativa a um incêndio que lavrou em Abrantes e Sardoal na terça-feira e quarta-feira, e que chegou a mobilizar mais de 700 bombeiros.

“Tem havido alguns reacendimentos mas a vigilância é bastante musculada e temos conseguido resolver os casos que vão ainda surgindo”, disse o comandante. Segundo observou, a partir desta noite o dispositivo vai ser aligeirado mas vão manter-se viaturas no terreno em ações de vigilância.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here