Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Agosto 5, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

As imagens das inundações em Abrantes

- Publicidade -

 

As fortes chuvadas das últimas horas têm provocado diversas inundações nos concelhos de Abrantes e Mação, com estradas alagadas, garagens e caves entupidas, além de cortes de estrada em alguns locais.

- Publicidade -

“Temos dezenas de ocorrências devido a inundações, essencialmente nos concelhos de Abrantes e Mação, com estradas alagadas e caves e garagens inundadas, devido à dificuldade de escoamento das águas pluviais”, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém.

“Há registo de alguns bens danificados, nomeadamente em estabelecimentos comerciais, em automóveis e em casas particulares”, disse a mesma fonte, tendo acrescentado que os bombeiros tiveram de socorrer algumas pessoas que ficaram “cercadas por água”, nomeadamente em Alferrarede e no Cabrito, no concelho de Abrantes, onde houve necessidade de “socorrer pessoas que estavam com dificuldades em sair das suas viaturas”.

Segundo o CDOS, “as condições meteorológicas vão conhecer um agravamento até cerca das 21:00”, pelo que “a prioridade é auxiliar e defender bens e pessoas, até que pare de chover e a água se dissipe”.

As primeiras chamadas para pedir ajuda “coincidiram com o início das fortes chuvadas, cerca das 15:30”, disse a mesma fonte, tendo reiterado pouco mais haver a fazer: “Estamos a auxiliar no mais urgente e não há muito mais a fazer até que as condições meteorológicas melhorem.”

Com LUSA

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome