- Publicidade -
Segunda-feira, Dezembro 6, 2021
- Publicidade -

“Ideias, ideais e ideologias”, por Vasco Damas

Uma ideia é um pensamento, uma perceção intelectual, uma representação que “nasce” em forma de plano ou intenção… e em última instância, um sistema ou uma doutrina.

- Publicidade -

Um ideal é o molde que ajuda a definir as fronteiras e a dar forma à ideia.

Uma ideologia é um conjunto de ideias, convicções e princípios filosóficos, sociais ou políticos que caracterizam o pensamento de um indivíduo ou de um grupo.

- Publicidade -

Nos tempos que correm… as ideias escasseiam, os ideais têm vindo a perder a nobreza do traço e as ideologias estão cada vez mais esbatidas.

Assistimos a um nivelamento por baixo com sucessiva perda de qualidade intelectual.

Corolário de sucessivos desinvestimentos na educação, com particular diminuição na pedagogia, nos estímulos ao pensamento e à criatividade e produto natural de programas de televisão acéfalos e sem conteúdo e de novas formas de comunicação que convidam à preguiça e à síntese telegráfica.

Evolução? Sim, se acreditarmos na evolução regressiva, que desconstrói o que outrora foi construído e que envergonha todos aqueles que não se revêm nestes novos paradigmas sociais.

O facilitismo e a inexistência de exigência criam as condições ótimas para o crescimento descontrolado desta mediocridade que se vai apoderando de lugares de destaque e que vai funcionando como um espartilho ou como uma espiral estranguladora do desenvolvimento que se deseja.

Passo em frente sucessivamente adiado, caminho sem destino que se repete na certeza de uma incerteza que se vai perpetuando na falência destes novos modelos sociais, que não são mais que uma fiel reprodução da falta de carisma e de preparação dos novos líderes produzidos no seio desta atual vacuidade.

Urge avançar para uma rutura, reinventando o nosso modelo social com base na pedra de toque que tenha início numa revolução de mentalidades que olhe para o futuro retirando lições dos erros do passado.

Ideias peregrinas. Ideais românticos. Ideologias “viradas” para o novo século.

É chegado o momento de convidar todos para que se envolvam e contribuam para o desenvolvimento de uma maior pluralidade e de uma maior representação democrática.

E aqui chegados, entramos no campo da utopia. Algo que é desejado por quase todos mas que não interessa a alguns. Precisamente aqueles que não querem abandonar o sistema que foi “idealizado” para manter os privilégios de uma imensa minoria.

É gestor e trabalhar com pessoas, contribuir para o seu crescimento e levá-las a ultrapassar os limites que pensavam que tinham é a sua maior satisfação profissional. Gosta do equilíbrio entre a família como porto de abrigo e das “tempestades” saudáveis provocadas pelos convívios entre amigos. Adora o mar, principalmente no Inverno, que utiliza, sempre que possível, como profilaxia natural. Nos tempos livres gosta de “viajar” à boleia de um bom livro ou de um bom filme. Em síntese, adora desfrutar dos pequenos prazeres da vida.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome