Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Outubro 20, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Hóquei em Patins | Sporting de Tomar consegue vitória sofrida mas justa diante de Paço de Arcos (C/FOTOS E ÁUDIO)

SC Tomar/IPT 3 – CD Paço de Arcos 2
Campeonato Nacional da 1ª Divisão | Hóquei em Patins – 1ª Jornada
13/10/2018
Pavilhão Municipal de Tomar

- Publicidade -

Jogo emotivo e de muito equilíbrio no Pavilhão Municipal de Tomar no final de tarde de sábado com uma boa moldura humana e uma claque apoiante da equipa da casa ruidosa no apoio aos seus, em jogo entre SC Tomar e Paço de Arcos, em que os nabantinos venceram pela margem mínima. Na primeira parte, Candeias entrou e marcou para os tomarenses fixando o resultado de 1–0 ao intervalo. Na segunda parte jogo de novo com muito equilíbrio e a equipa da linha deu a volta no marcador, mas por muito pouco tempo. Na resposta ao 1-2, Pedro Martins, numa excelente arrancada voltou a empatar a partida. Candeias fechou o resultado ao entrar para a marcação de uma grande penalidade e não perdoa. Deu nova volta ao marcador e fixou o resultado final em 3-2.

João Candeias festeja o seu segundo golo e terceiro do SC Tomar (foto: mediotejo.net)

- Publicidade -

O cinco inicial do Sporting de Tomar, com o seu equipamento preto para esta partida, contou com Diogo Alves na baliza, o capitão Ivo Silva, Guilherme Silva, o reforço que veio da equipa de Valongo, Pedro Martins e Xanoca. Quanto à equipa de Paço de Arcos, de azul e branco, o cinco inicial foi o seguinte: Matraco na baliza, Paulo Jesus, Nelson Ribeiro, Pedro Vaz e Diogo Silva.

O primeiro lance com algum perigo para a baliza defendida por Diogo Alves surgiu à passagem do minuto e meio por intermédio do capitão do Paço de Arcos, Nelson Ribeiro, que foge da esquerda para o meio e remata forte com o guarda redes da equipa de Tomar a defender a bola para a frente que sobrou para Pedro Martins.

Guilherme Silva, aos 4 minutos de jogo, descaído do lado esquerdo de seu ataque, remata cruzado, mas o guardião do Paço de Arcos estava atento e defende. Na resposta, Diogo Silva tem uma forte sticada, mas o guarda redes tomarense mais uma vez atento defende e a bola sobra para o stick de Pedro Martins.

João Candeias (SCT), o homem do jogo, tenta chegar a mais um golo (foto: mediotejo.net)

Com 7 minutos de jogo, Guilherme Silva, um dos reforços da equipa nabantina, remata de longe com a bola a embater no poste da baliza de Matraco. Nove minutos e Xanoca em frente da baliza atira para mais uma defesa de Matraco.

O Sporting de Tomar estava mais forte nesta fase do jogo, com mais posse de bola, mas sem conseguir alterar o marcador. À passagem do minuto 12, um passe do capitão Ivo Silva para Pedro Martins, que entra na área e tenta fazer um bonito, mas Matraco responde bem e afasta o perigo.

Pedro Martins, autor do segundo golo nabantino tenta fugir à marcação (foto: mediotejo.net)

Aos 13 minutos uma perdida de Guilherme Silva a passe de Pedro Martins. À boca da baliza de Matraco, o reforço de Tomar remata mas faz passar a bola muito por cima. Na resposta, Paulo Jesus arranca para a baliza tomarense, consegue fugir à marcação de Xanoca e à meia volta remata rasteio para boa defesa de Diogo Alves. Jorge Godinho faz a primeira alteração e coloca João Sardo no lugar de Xanoca à passagem do 14º minuto. Luís Duarte responde e coloca em jogo Filipe Fernandes para o lugar de Pedro Vaz.

Ivo Silva, capitão do SC Tomar, é um poço de energia e motivação para com os seus companheiros (foto: mediotejo.net)

O árbitro da partida assinala grande penalidade para a equipa da linha aos 14 minutos por empurrão de Guilherme silva sobre Pedro Vaz. Nelson Ribeiro chamado a converter o castigo máximo remata forte para defesa de Diogo Alves mas o árbitro manda repetir por considerar que o guarda redes do Sporting de Tomar se mexeu antes do remate. Na segunda tentativa, Nelson Ribeiro simula que remata e o juiz da partida assinala falta a favor da equipa tomarense.

Diogo Alves, guarda redes SC Tomar, fez grande exibição no Pavilhão Municipal de Tomar (foto: mediotejo.net)

Com 16 minutos de jogo, o treinador nabantino, volta a mexer na equipa e coloca João Candeias, o reforço que veio do Infante de Sagres, no lugar de Guilherme Silva e Joka no lugar de Pedro Martins. O recém entrado João Candeias quase a marcar para a equipa da Cidade Templária à passagem do 17º minuto de jogo. Descaído para o lado esquerdo executa um forte remate, mas Filipe Fernandes consegue um grande corte evitando que a bola chegasse à baliza de Matraco.

João Candeias na sua primeira intervenção (foto: mediotejo.net)

Aos 18 minutos de jogo, uma falta a favor do Sporting de Tomar ainda no seu meio campo sobre João Sardo, Joka marca rápido, coloca a bola em João Candeias sobre a linha divisória do meio campo descaído para o lado direito, este patina em grande velocidade em direção à baliza de Matraco e executa uma forte sticada fazendo a bola entrar na baliza e carimbando o primeiro golo da partida para grande festa dos seus adeptos.

Na resposta, o Paço de Arcos, por intermédio de Tiago Gouveia, leva perigo à baliza de Diogo Alves após boa sticada, mas não menos boa foi a intervenção do guardião leonino, negando o golo à equipa da linha.

Lance de perigo junto à baliza do SC Tomar (foto: mediotejo.net)

A dois minutos do final da primeira parte muito perigo para a baliza de Diogo Alves. Primeiro uma sticada de Nelson Ribeiro com o guarda a redes a defender e na recarga Tiago Gouveia vê novamente Diogo Alves a defender o seu remate.
A um minuto do fim, boa jogada da equipa da casa, com Joka a finalizar para boa intervenção de Matraco, defensor da baliza do Paço de Arcos.

Paço de Arcos entra melhor na segunda parte (foto: mediotejo.net)

Paço de Arcos que entrou a pressionar a equipa nabantina na segunda parte encostando-a no seu reduto defensivo. À passagem do minuto três desta segunda metade, a equipa de Tomar recupera a bola perto da linha de meio campo, Joka patina em direção à baliza rematando forte para boa defesa de Matraco. Um minuto depois, João Sardo descaído para o lado esquerdo, entra para o meio, faz uma sticada forte para mais boa defesa de Matraco.

Cinco minutos da segunda parte e golo do Paço de Arcos. Filipe Fernandes vem por trás da baliza de Diogo Alves, faz meia volta e stica para o fundo da baliza empatando a partida.

Decorridos 10 minutos, o capitão de equipa do Paço de Arcos, Nelson Ribeiro, stica do lado direito do seu ataque, mas Diogo Alves estava lá e defende. Contra-ataque da equipa de Paço Arcos aos 12 minutos leva muito perigo à baliza do Sporting de Tomar. Rafael Lourenço tenta colocar a bola na baliza mas Diogo Alves, mais uma vez atento, defende.

Xanoca ensaia o remate (foto: mediotejo.net)

Treze minutos e grande jogada da equipa nabantina. Guilherme Silva patina em direção à baliza, simula que stica mas deixa para Ivo Silva que desfere potente sticada, mas a bola a passar por cima da baliza de Matraco. Hernâni Diniz entra para o lugar de Guilherme Silva aos 14 minutos e na sua primeira intervenção stica forte para boa defesa de Matraco.

Hernâni Diniz cercado por adversários (foto: mediotejo.net)

Aos 15 minutos de jogo a reviravolta no marcador. Paço de Arcos faz o 1–2 após muito bom entendimento entre Rafael Lourenço e Nelson Ribeiro. Rafael Ribeiro, no lado esquerdo, passa para o capitão de equipa da linha e desmarca-se para dentro da área onde recebe novamente a bola e remata para o golo.

Na resposta, após reposição de bola no centro do ringue, Ivo Silva passa para Hernâni Diniz, este entrega a Pedro Martins do lado esquerdo do seu ataque que arranca em direção à baliza e à entrada da área remata forte restabelecendo a igualdade.

Equipa tomarense festeja o golo de Pedro Martins (foto: mediotejo.net)

Aos 16 minutos de jogo, Xanoca simula uma falta e o árbitro assinala a décima para a equipa de Tomar. Tomás Moreira chamado a converter o livre direto stica forte para grande defesa de Diogo Alves que segura o empate. Ivo Silva isola-se aos 17 minutos deste segundo tempo e o guarda redes do Paço de Arcos derruba-o dentro da sua área.

O árbitro da partida não tem dúvidas e assinala grande penalidade. João Candeias entra no ringue para a marcação do castigo máximo. Remata forte e colocado sem hipótese de defesa para Matraco colocando novamente a equipa da casa em vantagem.

João Candeias remata para o golo da reviravolta (foto: mediotejo.net)

Aos 20 minutos de jogo surge a décima falta da equipa do Paço de Arcos. João Sardo, da equipa nabantina, é chamado a converter o livre direto, opta por fintar o guarda redes, mas remata ao lado.
A três minutos do fim da partida, bom entendimento entre João Sardo e Xanoca, onde Sardo aparece à boca da baliza a sticar mas Matraco estava lá e faz boa defesa. Na resposta, Tomás Moreira quase marca para o Paço de Arcos, mas o “gigante” Diogo Alves afasta o perigo.

João Sardo ensaia remate (foto: mediotejo.net)

Jogo muito intenso nesta fase e Xanoca corre para cima da baliza de Matraco. Pedro Vaz faz falta sobre Xanoca e o árbitro mostra-lhe o cartão azul. Fica assim a equipa de Paço de Arcos reduzida a três jogadores de campo durante dois minutos e o Sporting de Tomar dispõe de uma grande oportunidade para aumentar a vantagem através de livre direto.

Candeias mais uma vez entra no jogo para tentar converter. Desta vez tenta fintar o guarda redes mas não consegue converter devido a uma boa defesa de Matraco.

Filipe Fernandes tenta roubar a bola ao capitão Ivo Silva (foto: mediotejo.net)

A menos de um minuto do final da partida, o Paço de Arcos quase chega novamente à igualdade por intermédio de Paulo Jesus numa jogada de um para um, mas Diogo Alves com grande exibição defende.

A três segundos do fim, numa altura em que o Paço de Arcos jogava com cinco jogadores de campo, um jogador nabantino ganha a bola ainda na sua defensiva, remata para a baliza deserta mas a bola bate caprichosamente no poste e não entra. O árbitro deu o jogo por terminado e o Sporting de Tomar fez a festa com os seus adeptos, somando a primeira vitória no arranque do campeonato nacional da 1ª divisão de hóquei em patins.

Jogadores nabantinos festejam primeira vitória (foto: mediotejo.net)

Na próximo sábado o Sporting de Tomar volta a jogar em casa, desta vez para a Europe Cup, onde recebe o Club Hoquei Caldes, de Espanha. Jogo agendando para as 18 horas de sábado, 20 de outubro.
Bom trabalho da equipa de arbitragem que viajou do Porto, Joaquim Pinto e Pedro Silva.

DISCIPLINA
Cartão Azul: Pedro Vaz

A constituição da equipa do Sporting Clube de Tomar foi a seguinte:
Carlos Silva (gr); João Sardo; Ivo Silva (cap); Guilherme Silva; João Candeias; Hernâni Diniz; Joka; Pedro Martins; Xanoca e Diogo Alves (gr).
Treinador: Jorge Godinho
GOLOS: João Candeias (2); Pedro Martins.

A constituição da equipa de AD Paço de Arcos:
Matraco (gr); Tiago Gouveia; Paulo Jesus; Nelson Ribeiro (cap); Pedro Vaz; Rafael Lourenço; Tomás Moreira; Diogo Silva; Filipe Fernandes e Daniel Machado (gr).
Treinador: Luís Duarte
GOLOS: Filipe Fernandes; Rafael Lourenço.

No final da partida ouvimos ambos os treinadores:

Jorge Godinho, treinador SC Tomar (foto: mediotejo.net)

Luís Duarte, treinador CD Paço de Arcos (foto: mediotejo.net)

Natural e residente em Tomar, tem como profissão Distribuidor, mas é com a fotografia que se identifica. É amante desta arte em geral, mas a sua verdadeira paixão é a Natureza e Vida Selvagem e os Retratos. É autor do livro de fotografia “Alma Nabantina” e fundador/administrador dos grupos do Facebook “Amigos da Fotografia de Tomar” e "Fauna de Tomar”. Colabora na área de fotografia na imprensa regional e local e já em 2018 foi júri convidado de dois concursos de fotografia. Neste ano conta também com duas exposições de fotografia coletivas, preparando atualmente a terceira.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome