- Publicidade -

Sexta-feira, Janeiro 21, 2022
- Publicidade -

Hóquei em Patins | Sporting de Tomar compromete a manutenção com derrota caseira (C/fotos e audio)

SPORTING CLUBE DE TOMAR 2 – RIBA D´AVE HÓQUEI CLUBE 4
Campeonato Nacional da 1ª Divisão – 22ª jornada
Pavilhão Jacôme Ratton
Tomar
30-03-2019

Pavilhão Jacôme Ratton.
- Publicidade -

O muito público que se deslocou ao Pavilhão Jacôme Ratton outra coisa não tinha em mente do que a vitória do Sporting de Tomar, a lutar pela permanência no escalão maior do hóquei patinado. Abaixo da “linha de água”, os tomarenses terão de fazer de cada jogo uma final. Tendo “roubado” pontos aos candidatos Benfica e Porto e a jogar em casa com uma equipa acima na tabela com mais cinco pontos, era legítimo atribuir o favoritismo aos “leões”.

A jogar em casa Tomar era favorito.

A equipa da casa entrou melhor, com maior posse e circulando a bola pelos vários jogadores num carrocel a todo o comprimento da pista. Os tomarenses queriam resolver cedo a questão mas os remates de Sardo e Ivo encontraram um guarda redes avense inspirado. O Riba d´Ave ia consentindo o domínio dos nabantinos mas sempre à espreita do contra golpe. À passagem do minuto 13, Tomás Pereira passou a linha de meio campo e daí rematou forte e colocado, batendo Diogo Alves.

“Stickada” de Tomás Pereira indefensável para Diogo Alves.
- Publicidade -

Contra a corrente do jogo a equipa nortenha passou para a frente do marcador e fez aumentar os níveis de ansiedade do Sporting tomarense. O treinador Nuno Lopes fazia saltar para a pista Xanoca que viria a ser decisivo no evoluir do marcador.
Materializando o maior caudal ofensivo da equipa da casa, Xanoca esteve no sítio certo para finalizar uma boa jogada coletiva da sua equipa e repor a igualdade aos 18 minutos.

Xanoca emendou para o empate.

Galvanizados os tomarenses, com forte apoio vindo das bancadas, lançaram-se em busca de mais golos mas na hora de rematar a ansiedade e o guarda redes visitante iam impedindo o avolumar do marcador. A equipa do concelho de Famalicão é exímia a lançar o contra ataque, possuí jogadores muito rápidos a patinar e o Sporting não podia descurar a sua defensiva. Com lances prometedores numa e noutra baliza, chegou-se ao intervalo com um empate que se aceitava apesar do ascendente nabantino.

Empate aceitável ao intervalo.
- Publicidade -

O intervalo não trouxe grandes novidades. As equipas apresentaram a mesma estratégia. O Tomar a atacar de forma mais organizada, com mais unidades e o Riba d´Ave a tentar o contra golpe principalmente por Miccoli e Hugo Azevedo.
Os visitante, com uma defesa agressiva, iam acumulando faltas e aos oito minutos do segundo tempo a décima levou Guilherme Silva para a marca de livre direto. O guarda redes defendeu e ainda se opôs a duas recargas…

Guarda redes Diogo Fernandes com uma enorme exibição.

Os tomarense começavam a apresentar algum desalento à medida que o encontro caminhava para o final e a bola teimava em não entrar. No Riba d´Ave começou a surgir um protagonista: Miccoli, jogador de baixa estatura mas de enorme talento.
Aos 19 minutos da segunda parte deu o toque final em jogada de insistência e cinco minutos depois teve uma arrancada fulminante e, na cara de Diogo Alves, não falhou colocando a sua equipa a vencer por dois golos de diferença.

Miccoli (à esq.) bisou na partida.

A resposta tomarense não tardou e na reposição Xanoca reduziu a diferença.
Entrava-se no último minuto e, embalados pelas ruidosas claques, os nabantinos acreditavam.

Com 35 segundos para jogar, Diogo Seixas viu o cartão azul e João Sardo, na conversão da penalidade, permitiu a defesa do guarda redes contrário. O Sporting de Tomar perdia uma flagrante oportunidade para empatar.

João Sardo falhou o empate a segundos do fim.

João Sardo, em tarde de pouca inspiração, iria provocar a décima falta da sua equipa, a 14 segundos do final. Chamado à conversão do livre direto o treinador-jogador do Riba d´Ave, Hugo Azevedo, bateu o guarda redes Diogo Alves pela quarta vez e fechou as contas do jogo.

Vitória justa da equipa com melhor finalização. O Sporting só se pode queixar de si mesmo. A manutenção pode estar comprometida mas matemáticamente tem razões para continuar a acreditar. Arbitragem sem problemas de maior.

Vitória justa. Xanoca marcou os dois golos tomarenses.

FICHA DO JOGO:

SPORTING CLUBE DE TOMAR:
Diogo Alves, João Sardo, Ivo Silva, Guilherme Silva e Pedro Martins.
Suplentes: Carlos Silva, Duarte Ferreira, João Candeias, Hernâni Diniz e Xanoca.
Treinador: Nuno Lopes.

Sporting Clube de Tomar.

RIBA D´AVE HOQUEI CLUBE:
Diogo Fernandes, Tomás Pereira, Diogo Seixas, Miccoli e Hugo Azevedo.
Suplentes: Pedro Freitas, Guilherme Ferreira, Diogo Casanova, Daniel Pinheiro e Bruno Serôdio.
Treinador: Horácio Ferreira.

Riba d´Ave Hóquei Clube.

GOLOS: Xanoca (2) (Sp.Tomar); Tomás Pereira, Miccoli (2) e Hugo Azevedo (R.Ave)

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Sílvia Coelho e Orlando Panza (AP Porto).

Equipa de arbitragem: Sílvia Coelho e Orlando Panza (AP Porto).

No final as sensações de ambos os treinadores eram, naturalmente, antagónicas:

Nuno Lopes-Treinador Sp.Tomar.

 

Hugo Azevedo-Treinador-jogador do Riba d´Ave.

*Com David Belém Pereira (fotos).

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome