- Publicidade -

Hóquei em Patins: Federação vai permitir equipas mistas na próxima época até ao segundo escalão nacional

A Federação de Patinagem de Portugal, como forma de assinalar o Dia Internacional da Mulher e promover a igualdade de género, anunciou, no passado dia 8 de março, a implementação de uma medida, já para a próxima época desportiva que, espera, possa contribuir para promover o interesse das atletas femininas, potenciá-las e fixá-las na modalidade.

- Publicidade -

Nas categorias – Sub-17, Sub-15, Sub-13, Escolar, Benjamim e Bambis – é admitida a constituição de “equipas mistas”, sendo permitido aos clubes, que assim o entendam, a utilização de atletas femininos e masculinos. Nos Campeonatos Nacionais de Seniores da Primeira Divisão – Femininos e Masculinos – não é admitida a constituição de “equipas mistas”. Porém, na categoria sénior da Segunda e Terceira Divisão e nas Provas Distritais é admitida a constituição de “equipas mistas”, mas a utilização de atletas femininos está limitada, exclusivamente, a atletas femininas com 16 ou mais anos de idade

Ainda que no Campeonato Nacional da Segunda Divisão a utilização de atletas femininas possa ser efectuada até ao limite ao máximo de três atletas femininas com 16 ou mais anos de idade, no Campeonato Nacional da Terceira Divisão e Provas Distritais, não há qualquer limitação quanto ao número de atletas femininas a utilizar em cada equipa.

- Publicidade -

Nas categorias de Sub-20, Sub-17, Sub-15, Sub-13, Escolar, Benjamim e Bambis o número de atletas femininos e/ou masculinos a utilizar em cada equipa não está sujeito a qualquer tipo de limitação.

Com esta medida é dada continuidade à prática desportiva a jogadoras que não têm equipas de Hóquei Feminino no seu clube ou região e que já disputam competições federadas evitando o abandono precoce. Para além disso permite ainda a melhoria das competências de jogo das atletas identificadas como “talentos”, que evoluem numa competição mista, com maior exigência competitiva e consequentes benefícios para a Selecção Nacional e um aumento do número de atletas femininas.

O desporto tem um papel transformador, que pode e deve promover a igualdade, e com a medida apresentada, a Federação de Patinagem de Portugal implica o Hóquei em Patins como promotor da equidade e igualdade da prática desportiva.

fonte: Federação Portuguesa de Patinagem

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).