Hóquei em Patins | Entroncamento saiu da Taça de Portugal contra o primodivisionário Juventude de Viana (C/fotos e áudio)

Bom jogo deTaça no Entroncamento.

UNIÃO FUTEBOL ENTRONCAMENTO 2 – ASSOCIAÇÃO JUVENTUDE DE VIANA 8
Taça de Portugal – 16 Avos de Final
Pavilhão José Albano Mateus – Entroncamento
22-02-2020

PUB

O popular União do Entroncamento merecia uma maior moldura humana nesta partida da Taça de Portugal em que defrontou o primodivisionário Juventude de Viana no pavilhão Albano Mateus. Um bom jogo de hóquei em que a equipa mais experiente saiu vencedora.

Pavilhão Albano Mateus.

A militar no 3º escalão do Hóquei patinado eliminou duas equipas do seu escalão (HC Santarém e Vilafranquense) e preparou-se para, no seu pavilhão, tentar fazer história contra uma equipa a fazer uma época sofrível na primeira divisão nacional que havia eliminado o Grândola.

PUB
Entroncamento eliminou duas equipas antes deste jogo.

Com apenas duas vitória e cinco empates que lhe vale o 13º posto na classificação, o Juventude de Viana quis mostrar a quem compareceu no José Albano Mateus o potencial frente a uma equipa dois escalões abaixo.

O seu referencial no ataque é o internacional Luís Viana que já vestiu as camisolas de Benfica e Sporting. Aos 43 anos continua a fazer as delícias dos amantes do Hóquei e golos de belo efeito.

Luís Viana, aos 43 anos, é a referência dos vianenses.

A equipa da casa, com uma entrada desinibida, adiantou-se no marcador logo aos quatro minutos por Mário Azevedo. Na resposta, segundos depois, Luís Viana ganhou e converteu uma penalidade máxima, empatando a partida que entrou numa toada de parada e resposta com a bola a rondar ambas as balizas mas sem que o marcador sofresse alterações. Até que, à passagem dos 12 minutos, o incontornável Luís Viana voltou a marcar em jogada rápida colocando a Juventude de Viana na frente do marcador.

Juventude empatou de grande penalidade.

Os técnicos iam fazendo rodar as equipas e as ocasiões de golo iam escasseando.
Aos 20 minutos Nuno Santos, com forte “stickada” aumentou a vantagem dos vianenses para dois golos.

Até ao intervalo nada se alteraria no marcador expressando a maior eficácia dos homens do norte a culminar jogadas bem gizadas. Boa atitude dos jovens do Entroncamento encarando nos olhos um adversário com mais e melhores argumentos.

Boa atitude dos jovens do Entroncamento.

No início do segundo tempo Jorge Correia cedeu a defesa da baliza da equipa que viajou de Viana do Castelo a Bruno Guia. Pouco depois, com dois minutos jogados, Gustavo Lima aumentou a contagem para 1-4.

Ao União do Entroncamento pouco restava, além de dignificar a camisola, para se manter na Taça de Portugal. Sem grandes sobressaltos, de forma paulatina, a Juventude de Viana ia construindo um resultado robusto.

Paulatinamente os minhotos construiram um resultado robusto.

Aos 12 minutos do segundo tempo Gonçalo Neto somou mais um ao pecúlio e dois minutos mais tarde foi a vez de Remi Herman acrescentar o seu nome aos marcadores do encontro.
Mário Azevedo bisou no encontro aos 18 minutos acrescentando à conta do União e à sua pessoal mais um excelente golo, na conversão dum livre direto a punir a 10ª falta dos vianenses. Reduzia assim para 2-6.

PUB
Mário Azevedo bisou no União.

Rodrigo Azevedo podia ter aumentado o espólio do União, aos 22 minutos, da marca de penalti mas permitiu a defesa de Bruno Guia. A resposta demorou apenas um minuto. Rodrigo Martins marcou o sétimo golo dos minhotos. Quando apenas faltavam cinco segundos para o sinal sonoro parar as hostilidades Remi Herman ainda bisou na partida fixando o resultado final.

Resultado desnivelado.

Foi um jogo interessante de seguir com boa réplica dos donos do pavilhão aos argumentos apresentados pela equipa favorita. O Juventude de Viana não deixou os créditos por “patins” alheios e sem grandes sobressaltos construiu uma vitória por números que não sofrem contestação. Ambiente bastante amistoso ajudou à festa da Taça.

Pena o pavilhão ter pouca assistência. Arbitragem em bom plano.

Espetáculo merecia o pavilhão repleto.

FICHA DO JOGO

UNIÃO FUTEBOL ENTRONCAMENTO:
Rodrigo Saboga, Mário Azevedo, André Martins, “Chiquinho” Maia e Duarte Ferreira.
Suplentes: João Massa, Rodrigo Azevedo, Henrique Medley, Pedro Brazete e Pedro Mota.
Treinador: Bruno Pereira.

União Futebol Entroncamento.

ASSOCIAÇÃO JUVENTUDE DE VIANA:
Jorge Correia, Remi Herman, Francisco Silva, Luís Viana e João Pedro Pereira.
Suplentes: Bruno Guia, Gustavo Lima, Rodrigo Martins, Nuno Santos e Gonçalo Neto.
Treinador: André Azevedo.

Associação Juventude de Viana.

GOLOS:
Mário Azevedo (2) (Entroncamento); Remi Herman (2), Luís Viana (2), Gustavo Lima, Rodrigo Martins, Nuno Santos e Gonçalo Neto (Juv.Viana).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
João Catrapona e Paulo Moncóvio (AP do Alentejo).

Equipa de Arbitragem: João Catrapona e Paulo Moncóvio.

No final ouvimos os responsáveis de ambas as equipas:

Bruno Pereira-Treinador do UF Entroncamento.
Miguel Camões-Treinador da Juventude de Viana.

*Com David Belém Pereira (fotos e áudio).

PUB

 

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here