Médio Tejo | Grande disparidade nas taxas de inspeção dos ascensores

Desde 2003 são as câmaras que têm a competência para inspeções dos elevadores

Chega a haver diferenças de mais de 300 por cento nas taxas que os municípios do Médio Tejo cobram pelos serviços de inspeção e reinspeção de ascensores.

PUB

Pela consulta que fizemos às tabelas de taxas aplicadas pelos municípios, constata-se que Vila Nova da Barquinha é o concelho onde se paga menos por uma inspeção a um elevador, apenas 46,24 euros. Pelo mesmo serviço no concelho de Ferreira do Zêzere paga-se 216,70 euros.

Desde 2003 são as câmaras municipais que têm a competência para inspeções periódicas e reinspecções destas instalações onde se incluem ascensores, monta-cargas, tapetes rolantes e escadas mecânicas. Por sua vez, para esta tarefa as câmaras estabelecem protocolos com entidades inspetoras devidamente licenciadas pela Direção Geral de Energia.

PUB

O preço da inspeção ou da reinspeção é fixado livremente pelas câmaras e assembleias municipais fazendo parte da tabela de taxas de cada município.

Na região do Médio Tejo, a maior parte dos municípios cobra preço igual por inspeção ou reinspecção, mas alguns cobram menos quando o equipamento é inspecionado segunda vez. O dado que mais salta à vista, conforme se pode constatar na tabela que abaixo publicamos, é a grande disparidade destas taxas na nossa região.

PUB

Taxas de inspeção e reinspecção de elevadores               nos Municípios do Médio Tejo – 2016

  Inspeção Reinspeção
Abrantes 175,38 € 163,59 €
Alcanena 192,14 € 192,14 €
Constância  165,50 € 165,50 €
Entroncamento 181,70 € 181,70 €
Ferreira do Zêzere 216,70 € 202,25 €
Mação 132 € 132 €
Ourém 90,11 € 50,06 €
Sardoal 182,59 € 182,59 €
Sertã 122,32 € 122,32 €
Tomar 175 € 160 €
Torres Novas 161,11 € 161,11 €
Vila de Rei 146,39 € 146,39 €
V. N. Barquinha 46,24 € 25,09 €

Dados recolhidos nos sites dos municípios

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here