- Publicidade -

Golegã | Autarquia quer construir picadeiro coberto no Centro de Alto Rendimento

A vila da Golegã pretende afirmar-se cada vez mais como “capital do cavalo” e a mais recente decisão de construir um picadeiro coberto no Hippos – Centro de Alto Rendimento de Desportos Equestres, vem ao encontro desse objetivo.

- Publicidade -

Na sequência de uma reunião entre a câmara municipal da Golegã e a Federação Equestre Portuguesa no dia 27 de fevereiro, ficou acordada a construção de um Picadeiro Coberto no Hippos – Centro de Alto Rendimento de Desportos Equestres, “de forma a expandir algumas atividades e garantir a sua realização em condições meteorológicas adversas”.

Com vista a “acertar estratégias de desenvolvimento”, e “coordenar atividades e projetos de interesse comum”, o autarca José Veiga Maltez com a sua equipa de trabalho reuniu na Golegã com Pedro Gonçalo Costa e António Guimarães, Presidente e Vice-Presidente da Federação Equestre Portuguesa, respetivamente.

- Publicidade -

Nesta fase ainda não foram avançados mais pormenores, mas está assente a intenção de se edificar o referido picadeiro coberto.

Hippos – Centro de Alto Rendimento de Desportos Equestres da Golegã. Foto: CM Golegã

A autarquia da Golegã salienta que “a programação de provas e atividades equestres no Centro de Alto Rendimento foi amplamente reforçada, tendo sido responsável, no último período, pela injeção de cerca de meio milhão de euros na economia local, assumindo cada vez mais preponderância no turismo e tecido económico do Concelho”.

Ganhou o “bichinho” do jornalismo quando, no início dos anos 80, começou a trabalhar como compositor numa tipografia em Tomar. Caractere a caractere, manualmente ou na velha Linotype, alinhavava palavras que davam corpo a jornais e livros. Desde então e em vários projetos esteve sempre ligado ao jornalismo, paixão que lhe corre nas veias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).