Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Gavião | Primeira Feira do Azeite de Belver numa ação solidária e de promoção da freguesia

A 1ª Feira do Azeite da Freguesia de Belver tem lugar no domingo, dia 22 de dezembro, a partir das 16h00, nas instalações do Clube Recreativo e Desportivo de Belver (CRDB), em Belver (Gavião). Enquadrada na quadra natalícia, a organização pretende apelar à solidariedade, ao convívio e paralelamente, à promoção dos produtos da freguesia.

- Publicidade -

O evento decorre numa parceria entre o CRDB e o Centro Social Belverense com a Junta de Freguesia como organizadores de uma Feira que contará com a colaboração das direções dos três lagares ainda em funcionamento.

A iniciativa consta de prova/venda de azeite da freguesia e de produtos relacionados com o azeite, como azeite de azeitona galega e bolos, mel, castanhas assadas, sabonetes, artesanato, entre outras atividades.

- Publicidade -

Nesse dia, a cargo da Junta, estará à venda sopa de couve com feijão (confecionada e oferecida pelo Centro Social) bacalhau assado com alho, petinga frita, vinho das Terras de Gama, pão caseiro, com a animação do Grupo Musical Fora D’Horas.

Também haverá um local próprio para entrega de donativos “face ao interesse manifestado por diversas pessoas e empresas”, informa ainda a organização.

As receitas da festividade reverterão em benefício do Centro Social Belverense.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome