Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Maio 13, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Gavião | Parque de Merendas da Ribeira da Venda com regras covid-19

O Município de Gavião implementou no Parque de Merendas da Ribeira da Venda, em Comenda, um conjunto de regras de utilização durante a situação pandémica de covid-19. A Câmara diz pretender  “salvaguardar e evitar comportamentos de risco”, adotando “uma cultura de segurança e prevenção”, mantendo-se assim a disponibilidade de acampamento naquele espaço de lazer.

- Publicidade -

Assim, informa que “todas as pessoas que pretendam fazer acampamento informal devem cumprir as regras definidas para o efeito”, que podem ser consultadas no seguinte link:
http://www.cm-gaviao.pt/pt/turismo/parque-de-merendas-da-ribeira-da-venda

Entre as normas já criadas para a zona de acampamento informal, todos os utilizadores da zona balnear, onde não é permitido o ajuntamento de mais de 20 pessoas, devem ainda cumprir as seguintes regras:

- Publicidade -

• Manter a distância física de segurança de 1,5 metros entre cada pessoa, que não pertençam ao mesmo grupo;
• Ao utilizar as instalações sanitárias devem usar obrigatoriamente calçado, lavar as mãos com água e sabão, desinfetar as mãos com solução à base de álcool, utilizar máscara ou viseira no interior da instalação e cumprir a distância de segurança;
• É interdita a permanência de autocaravanas ou similares dentro do parque de merendas e zonas de estacionamento.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome