- Publicidade -

Gavião | Mulher detida pela GNR por conduzir com carta falsificada

A Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve no domingo em Gavião uma mulher de 29 anos por estar a conduzir com um título de condução falsificado, tendo a mesma sido constituída arguida.

- Publicidade -

Em comunicado, o Comando Territorial da GNR de Portalegre refere que a detenção decorreu no âmbito de uma ação de patrulhamento em que a condutora do veículo “desde logo apresentou um comportamento suspeito” na sequência da abordagem dos militares da GNR.

No decorrer das diligências policiais, “constatou-se que a mesma conduzia com um título de condução falso, tendo sido apurado que os dados contidos no documento estavam associados a outra pessoa”.

- Publicidade -

A detida foi constituída arguida, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Ponte de Sor, pode ler-se na mesma nota informativa.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).