Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Domingo, Maio 9, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Gavião | ‘Julho em Movimento’ nas quatro freguesias do concelho para miúdos dos 6 aos 16 anos

Com atividades lúdicas, desportivas e culturais para crianças e jovens dos 6 aos 16 anos, o CLDS 4G de Gavião promove a iniciativa ‘Julho em Movimento’ nas quatro freguesias do concelho a partir do dia 7 de julho, disponibilizando transporte até à sede de cada freguesia. As inscrições são obrigatórias até 3 de julho na Biblioteca Municipal de Gavião ou através do e-mail: geral.clds4ggaviao@gmail.com.

- Publicidade -

Na União de Freguesias de Gavião e Atalaia as atividades – com jogos interativos, paintball, workshop e peddypaper – têm lugar na Biblioteca Municipal de Gavião, nos dias 7, 14, 22 e 29 de julho, nos primeiros dois dias das 14h00 às 17h00 e nos dois últimos das 09h00 às 13h00.

Na Freguesia de Comenda as atividades decorrem no Salão Paroquial da Comenda nos dias 8, 15, 22 e 31 de julho, nos primeiros três dias das 14h00 às 17h00 e no último dia das 09h00 às 13h00.

- Publicidade -

Na Freguesia de Margem as atividades decorrem na Junta de Freguesia de Margem nos dias 8, 15, 22 e 30 de julho, nos primeiros dois dias das 09h00 às 13h00, no dia 22 das 14h00 às 17h00 e no último dia das 09h00 às 13h00.

Na Freguesia de Belver as atividades decorrem no Centro Recreativo e Desportivo Belverense nos dias 7, 14, 22 e 28 de julho, sempre das 09h00 às 13h00.

As inscrições são obrigatórias até 3 de julho na Biblioteca Municipal de Gavião ou através do e-mail: geral.clds4ggaviao@gmail.com

As atividades destinam-se apenas a crianças e jovens residentes no concelho ou que frequentem o Agrupamento de Escolas de Gavião.

A sua formação é jurídica mas, por sorte, o jornalismo caiu-lhe no colo há mais de 20 anos e nunca mais o largou. É normal ser do contra, talvez também por isso tenha um caminho feito ao contrário: iniciação no nacional, quem sabe terminar no regional. Começou na rádio TSF, depois passou para o Diário de Notícias, uma década mais tarde apostou na economia de Macau como ponte de Portugal para a China. Após uma vida inteira na capital, regressou em 2015 a Abrantes. Gosta de viver no campo, quer para a filha a qualidade de vida da ruralidade e se for possível dedicar-se a contar histórias.

- Publicidade -
- Publicidade -

COMENTÁRIOS

Please enter your comment!
O seu nome