Gavião | Feira Medieval transportou Belver numa viagem pelo tempo (c/fotogaleria)

A XV Feira Medieval de Belver (Gavião) apresentou-se como uma viagem de regresso ao passado durante o último fim de semana, tendo transportado no tempo os habitantes e os visitantes daquela vila numa recriação histórica da responsabilidade da Companhia de Teatro VivArte.

PUB

A Câmara Municipal de Gavião promoveu o evento com o apoio da Junta de Freguesia de Belver, em iniciativa que este ano decorreu sob o mote ‘A Visitação de Nuno Álvares Pereira a Terras de Guidintesta’. Uma Feira que atraiu mais uma vez largas centenas de visitantes e que já é um marco turístico do concelho.

O centro histórico daquela vila do Alto Alentejo, com uma geografia aquém Tejo, “é o cenário ideal para um evento que pretende transportar os visitantes até à época medieval” disse ao mediotejo.net a presidente da Junta de Freguesia de Belver, Martina Jesus, uma época marcada por vivências rurais, mas também pelas demandas de posse do território entre cristãos e muçulmanos.

PUB

Feira Medieval de Belver 2019. Foto: Flávio Catarino

O Condestável foi, então, o mote para um programa de animação que remeteu o público para a época medieval, com um cenário que convidou os visitantes a entrarem na festa em Belver, engalanada com as suas ruas coloridas e animada pelos cortejos, atores, malabaristas e jograis que mostraram as suas artes e cantorias em ambiente mourisco.

As celebrações, durante três dias, incluiram espetáculos de fogo, teatralizações, saltimbancos, artesãos, ofícios e mesteres, torneio de armas a cavalo, recriações históricas, música (folias e bailias), banquete de recebimento a D. Nuno Álvares Pereira, escudeiros da Ordem do Hospital, acrobacias aéreas no adro da igreja e até uma representação da ‘Barrela Belverense’, pelo Museu do Sabão e pelo Núcleo Museológico das Mantas e Tapeçarias de Belver.

 

Estes foram alguns dos atrativos do certame visitado anualmente por milhares de pessoas, “incluindo alguns filhos da terra que todos os anos marcam férias a pensar no terceiro fim-de-semana de junho”, disse ao mediotejo.net o presidente da Câmara Municipal de Gavião, José Pio. Mais um ano em que a Companhia de Teatro VivArte animou a Feira “conseguindo com isso trazer um conjunto de mercadores absolutamente diferenciadores”, destacou o autarca.

Também associações do concelho participaram na Feira, dinamizando tasquinhas onde foram servidas refeições recriando os costumes medievais.

Fotos: Flávio Catarino

 

 

 

 

 

 

PUB
PUB
Mário Rui Fonseca
A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).