Gangue internacional identificado em Vila de Rei por burla em construção civil

Gangue internacional identificado em Vila de Rei por burla em construção civil. Foto: GNR

Um “gangue internacional” referenciado por extorsão foi identificado na segunda-feira pela GNR de Vila de Rei por um alegado esquema de burla que envolveria a venda e colocação de alcatrão a um valor muito abaixo do praticado no mercado. Em declarações à agência Lusa, fonte do Gabinete de Relações Públicas do Comando Territorial da GNR de Castelo Branco disse que “os nove homens identificados em Vila de Rei são de várias nacionalidades e nenhum deles é português”.

PUB

A mesma fonte disse ainda que este “é um gangue com ligações internacionais que atua de norte a sul de Portugal e em outros países da União Europeia”, e que tem “vários processos criminais com alguma antiguidade, alguns dos quais remontam a 2007”, notou.

Segundo o capitão Jorge Massano, “o gangue está referenciado por vender o serviço de colocação de alcatrão em acessos de propriedades privadas a um valor muito abaixo da média do mercado” e que, “antes de terminar a obra, exigem mais dinheiro a quem lhes contratou o serviço”.

PUB

Em sequência, e “caso não efetuem o pagamento, o grupo recorre a ameaças como forma de intimidação”.

“Na última ocorrência”, na segunda-feira, dia 31 de agosto, “o proprietário apercebeu-se da situação e alertou a GNR, que identificou os homens no local, já referenciados por extorsão”.

PUB
Gangue internacional identificado em Vila de Rei por burla em construção civil. Foto: GNR

Em Vila de Rei foram identificados nove homens, com idades entre os 20 e 42 anos, e apreendidos vários tipos de maquinaria e utensílios de trabalho, entre eles “um pesado de mercadorias, um ‘bobcat’, um cilindro, um martelo pneumático, duas placas vibratórias, uma mesa espalhadora de betuminoso, e várias ferramentas e utensílios de construção”.

Os homens foram identificados e os factos remetidos ao Tribunal Judicial da Sertã.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here