Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Setembro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futsal | Seleções sub 17 e sub 19 encerram estágio em Ponte de Sôr com vitória sobre a Rússia

A Seleção Nacional de futsal sub-19 bateu esta quarta-feIra a congénere da Rússia por 4-0, em mais um encontro de preparação em Ponte de Sor.

- Publicidade -

A primeira parte foi muito disputada, mas Portugal voltou, tal como tinha sucedido na primeira partida, a demonstrar qualidade. Hugo Neves (14′) fez o golo que levou a equipa de José Luís Mendes em vantagem para o intervalo.

Na segunda metade do encontro, russos e portugueses voltaram a proporcionar um jogo intenso. Numa altura em que a Rússia tentava tudo pela igualdade, Ricardo Pinto, Tomás Reis e Rúben Góis não deram hipóteses e fecharam o marcador em 4-0.

- Publicidade -

José Luís Mendes, Treinador Nacional, em discurso direto:
– “Foi novamente um jogo bastante competitivo, um teste extremamente exigente. Mantivemos a boa atitude competitiva, criámos novamente várias ocasiões e hoje conseguimos concretizá-las. A Rússia obrigou-nos a ir aos limites e estamos muito satisfeitos com o desempenho dos jogadores”.

– “O balanço desta semana é positivo. Estamos no período de preparação para o apuramento para o Euro. Este foi o quarto estágio e tratou-se de mais um momento competitivo que nos ajudou a evoluir. Estes jogos deram-nos bons indicardores para o caminho que queremos continuar seguir”.

No primeiro encontro, os russos triunfaram por 1-0.

Ficha de Jogo
Jogo de preparação
Pavilhão Gimnodesportivo de Ponte de Sor

Árbitros: Cristiano Santos e Rúben Santos
3.º árbitro: Paulo Estrada
Cronometrista: Manuel Carinhas

Portugal 4-0 Rússia (1-0 ao intervalo)

Portugal: Bernardo Paçó, Célio Coque (cap.), Hugo Neves, Milton Dias e Tomás Reis
Jogaram ainda: Nuno Chuva, Rui Moreira, Daniel Costa, Gustavo, Sévio, Miguel Ribeiro, Ricardo Pinto e Rúben Góis
Treinador: José Luís Mendes
Golos: 1-0 Hugo Neves (14′), 2-0 Ricardo Pinto (38′), 3-0 Tomás Reis (38′) e 4-0 Rúben Góis (39′)
Disciplina: Cartão amarelo a Daniel Costa (36′)

Rússia: Trubitsyn, Pavel Karpov, Chernyavskiy, Gereihanov e Golovachev
Jogaram ainda: Subbotin, Barbakov, Fedorov (cap.), Karpiuk, Muzhdakov, Sysolyatin, Samusenko, Shamis, Smotrakov
Treinador: Konstantin Mayevskiy
Golos: nada a assinalar
Disciplina: nada a assinalar

Depois da vitória dos russos no primeiro encontro (2-1), a Seleção Nacional de futsal sub-17 venceu categoricamente por 9-3. Foto: FPF

Futsal – Sub-17

Portugal vence por 9-3 no segundo jogo de preparação entre ambas as equipas.

Portugal e Rússia voltaram a defrontar-se, esta quarta-feira, em mais um jogo de preparação em Ponte de Sor. Depois da vitória dos russos no primeiro encontro (2-1), a Seleção Nacional de futsal sub-17 venceu categoricamente por 9-3.

A Equipa das Quinas demonstrou, desde cedo, toda a sua superioridade e conseguiu chegar ao intervalo a vencer por 3-0, com tentos de Furtado, Banha e Monteiro. Na segunda metade do encontro, os lusos voltaram a estar dominantes e foram desenhando uma vitória folgada. Freire (3), Furtado (2) e Rodrigo Simão marcaram. Para a equipa russa, marcaram Ponomarev e Muzhdakov (2).

Pedro Palas, Treinador Nacional, em discurso direto:
– “Fomos mais fortes que a Rússia nos dois encontros. Neste segundo jogo acabámos por conseguir marcar e creio que o primeiro golo deu tranquilidade à equipa. Contrariamente ao que se passou no primeiro jogo, conseguimos ter eficácia”.

– “Foi um estágio positivo. Foi a primeira internacionalização para a maioria dos jogadores e eles ficaram a perceber a exigência destes estágios competitivos. O fundamental é que eles percebam a identidade da Seleção Nacional no futsal. É um processo de dois anos, tendo em conta o Campeonato da Europa de sub-19. Este ano vão ter mais três estágios competitivos. Acima de tudo, é importante dar-lhes estas experiências internacionais”.

Ficha de Jogo
Jogo de preparação
Pavilhão Gimnodesportivo de Ponte de Sor

Árbitros: Cristiano Santos e Rúben Santos
3.º árbitro: Manuel Carinhas
Cronometrista: Paulo Estrada

Portugal 9-3 Rússia (3-0 ao intervalo)

Portugal: Leandro, Sérgio Ribeiro, Raul Moreira, Lúcio Rocha e Rodrigo Simão
Jogaram ainda: Renato Silva, Diogo Cunha, Carlos Monteiro, Diogo Furtado (cap.), Sérgio Monteiro, Gonçalo Banha, Rafael Freire, André Cruz e Diogo Santos.
Treinador: Pedro Palas
Golos: 1-0 Diogo Furtado (7′), 2-0 Gonçalo Banha (11′), 3-0 Carlos Monteiro (18′), 4-0 Rafael Freire (21′), 5-0 Diogo Furtado (23′), 6-1 Rafael Freire (24′), 7-2 Rodrigo Simão (31′), 8-2 Rafael Freire (33′) e 9-2 Diogo Furtado (34′)
Disciplina: nada a assinalar

Rússia: Krechetov, Ivan Malinin,Vitaliy Bessonov, Pavel Tomilov e Ponomarev
Jogaram ainda: Belyakov, Lukin (cap.), Turchin, Fatikzyanov, Bosyuk, Muzhdakov, Markov, Sivtsov e Nedokushev.
Treinador: Konstantin Mayevski
Golos: 5-1 Ponomarev (23′), 6-2 Muzhdakov (26′), 9-3 Muzhdakov (38′)
Disciplina: nada a assinalar

*Fonte: FPF

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome