Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

FUTSAL: Segunda parte de luxo dá goleada aos Patos (com áudio)

14 de novembro de 2015, 17 horas, Pego

- Publicidade -

Campeonato Distrital de Futsal – Seniores Masculinos

Clube Desportivo “Os Patos” 5 – Centro Desportivo Social e Cultural de Cercal – Vales e Ninho 1

- Publicidade -

IMG_20151114_162558
Pavilhão Municipal do Pego

 

Jogo com duas partes diferentes. A primeira metade do primeiro tempo foi repartida, onde as oportunidades de golo não abundaram. As equipas não deram espaço ao adversário e o jogo tornou-se fechado. A partir dos vinte minutos de jogo a equipa dos Patos subiu as linhas e aplicou uma pressão a campo inteiro que tornou mais complicadas as saídas de bola controlada à equipa do Cercal, mas foi só mesmo no final da primeira parte que a equipa do Rossio chega ao golo. Livre directo cobrado por Gonçalo Santos que Valter Ferreira defende e Alexis oportuno na recarga a fazer o 1-0 com que se chegaria ao intervalo.

A segunda parte foi totalmente dominada pela equipa do concelho de Abrantes. Embora desfalcado de algumas pedras basilares da sua equipa, João Paulo, técnico dos Patos, foi rodando a equipa e mantendo ao máximo a frescura física dentro da quadra, para ir mantendo a pressão alta sobre a defensiva do concelho de Ourém. Os resultados dessa ousadia do treinador rossiense deu os seus frutos quando em apenas quatro minutos, os Patos marcam três golos. Diogo Moura aos 14 e 15 minutos bisa na partida. Ambos os golos terminados com gestos técnicos de classe mas construídos de formas diferentes, o 2-0 culminando uma jogada colectiva, enquanto o 3-0 foi totalmente construído pelo génio do jovem jogador. Gonçalo Santos aos 18 minutos faz o 4-0 e ainda bisa aos 25 minutos num excelente remate, forte e colocado.

7
Grande golo de Gonçalo Santos a colocar a bola no canto superior da baliza do Cercal.

Pelo meio três perdidas no ataque do Cercal, em que em situações de dois para um e até mesmo de três para um, não conseguiram desfeitear o guarda-redes local. Até final assistiu-se a perdidas no ataque rossiense, em especial Bruno Oliveira e Alexis que desperdiçaram respectivamente uma grande penalidade e um livre directo e ao golo do Cercal marcado de livre directo por Emanuel Ferreira a dois minutos do fim da partida.

Vitória justa dos Patos num jogo que podia ter-se tornado mais complicado uma vez que a equipa de Cercal, a espaços, mostrou que sabe o que faz dentro do terreno de jogo, mas a pressão, eficácia e pulmão dos Patos tornou o jogo mais fácil.

8
Golo do Cercal apontado por Emanuel Ferreira de livre directo.

Destaque nos Patos para Diogo Moura que apontou dois golos de excelente qualidade e foi o “desbloqueador” do jogo, para Eduardo Fonseca que foi um pêndulo em campo e para Gonçalo Santos que para além dos dois golos trouxe poder de choque à sua equipa. No Cercal, destaque para o guarda-redes Valter Ferreira que com um punhado de boas intervenções evitou que o resultado fosse mais dilatado.

1
Uma das muitas boas intervenções de Valter Ferreira, guarda-redes de Cercal

 

6
Diogo Moura, marcou dois golos e foi o desbloqueador do jogo.

Ficha do jogo:

Pavilhão Municipal do Pego

Árbitros: André Mateus e Bruno Cruz

3
Dupla de arbitragem

CD “Os Patos”

Cinco Inicial: Vitor Cartaxo, Alexis Silva, Fábio Farinha, Bruno Oliveira e Eduardo Fonseca

Suplentes: Nuno Silva, Pedro Rosado, Diogo Moura, Gonçalo Santos e Diogo Duarte

Treinador: João Paulo

4
CD “Os Patos”

CDSC Cercal

Cinco Inicial: Valter Ferreira, Pedro Lopes, Fernando Duarte, Emanuel Ferreira e Jorge Filipe

Suplentes: Renato Batista, Pedro Simões, Nelson Batista, Sérgio Pinto e Vasco Coelho

Treinador: João Frade

2
CSCD Cercal

A opinião dos treinadores:

João Paulo (Patos)

João Frade (Cercal)

 

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome