Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futsal | Patos e Ferreira do Zêzere com sortes diferentes na 2ª jornada do nacional

A equipa de ‘Os Patos’, de Rossio ao Sul do Tejo, perdeu na deslocação ao Funchal com a equipa do Marítimo por 4-2, em jogo a contar para a 2ª jornada da série E campeonato nacional da 2ª divisão de futsal. A equipa orientada por Helder Rodrigues, que esteve a perder por 3-0 ao intervalo, ainda chegou ao 3-2 mas a equipa insular aproveitou uma perda de bola no meio campo da equipa abrantina para fechar o resultado final.

- Publicidade -

Os Patos, que perderam na 1ª jornada frente ao Amarense, mostraram bom futsal no segundo tempo perante uma equipa madeirense que luta por outros objetivos. Na próxima jornada, sábado, dia 6 de outubro, às 17:30, a equipa de ‘Os Patos’ recebe o CCDS Casal Velho, equipa que perdeu este sábado com o Olho Marinho por 1-4. Resumo do jogo com imagens Marítimo TV.

CSM

FUTSAL | CAMPEONATO NACIONAL DA II DIVISÃO2.ª JORNADACS MARÍTIMO 4-2 CD OS PATOS#naonospercadevista

Publicado por Marítimo TV em Domingo, 30 de Setembro de 2018

- Publicidade -

Na série D, a equipa de Ferreira do Zêzere deslocou-se a Castelo Branco para defrontar o conjunto do Boa Esperança, tendo o resultado final sido de um empate 3-3. Depois de vencer na 1ª jornada o Sporting de Pombal por 8-2, a equipa da Capital do Ovo segue invicta na competição.

Na próxima jornada, sábado, dia 6 de outubro, às 18:00, o Ferreira do Zêzeze recebe o ACD Ladoeiro, equipa que venceu este fim de semana o Granja Ulmeiro por 5-4.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome