Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Setembro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futsal (Juvenis): Patos tenrinhos para “Leões” esfomeados

Pego, 22 de outubro de 2016, 19 horas

- Publicidade -

Campeonato Nacional de Futsal – Juvenis Masculinos

Zona Sul – 3ª jornada

- Publicidade -

Clube Desportivo “Os Patos” 0 – Sporting Clube de Portugal 14

Se a equipa do CD “Os Patos” tem como objetivo a manutenção neste novo Campeonato Nacional de Juvenis, certamente que nas contas dos seus responsáveis não entravam estes três pontos. Sporting e Benfica funcionam, nesta Zona Sul, como um prémio, para muitos dos restantes atletas, em poderem defrontar o clube do seu coração a nível nacional. A malha de recrutamento destas equipas é de tal ordem que muitos dos atletas que foram dispensados seriam titulares na grande maioria que águias e leões defrontam.

Foi num clima de festa e com o pavilhão com uma moldura humana maior que o habitual, que os jovens “Patos” entraram em campo. Pairava no ar uma secreta esperança que fosse possível fazer uma surpresa. Rapidamente essa esperança se desvaneceu, pois com 1 minuto e 15 segundos os verde-brancos inauguraram o marcador. No entanto os Patos não baixaram os braços e ainda deram boa réplica até ao minuto 7, altura em que surge o 2-0. No entanto, minutos antes, Bernardo Bonacho em boa posição para alvejar com êxito a baliza lisboeta, decide-se por um passe para um companheiro, gorando-se a oportunidade.

Bernardo Bonacho só com o guarda-redes pela frente decide passar para a esquerda em vez de rematar
Bernardo Bonacho só com o guarda-redes pela frente decide passar em vez de rematar

Aos 9 minutos, após reposição lateral para os visitados, o mesmo Bernardo Bonacho, ao tentar atrasar para o seu guarda-redes introduz a bola na sua baliza fazendo o 3-0. Este golo fez os rossienses baixarem os braços. Sentiram muito o auto-golo do seu líder e melhor jogador, permitindo ao adversário, naturalmente já mais forte, tanto no aspeto físico como técnico, fazer o que quisesse dentro das quatro linhas. O avolumar do resultado foi acontecendo com naturalidade até ao 0-8 ao intervalo.

No segundo tempo, embora tivesse havido nos minutos iniciais uma melhor postura da equipa do concelho de Abrantes, voltou a ser o Sporting a marcar logo nos instantes iniciais, gerindo a seu bel-prazer as operações dentro de campo.

Um dos 14 golos festejados pelo SCP no Pego
Um dos 14 golos festejados pelo SCP no Pego

Vitória por números expressivos de um candidato ao título, que dos dez jogadores que apresentou, seis são de seleção nacional (entre juvenis e iniciados), perante um adversário que tem de esquecer os dois desaires frente ao dois emblemas da segunda circular e concentrar-se no que é importante, os embates com os adversários que lutam pelos mesmos objetivos.

Ficha do jogo

Pavilhão Municipal do Pego

Árbitros: David Martins e Rafael Silva

Cronometrista: Vitor Quinas

Rafael Silva, David Martins e Vitor Quinas
Rafael Silva, David Martins e Vitor Quinas

CD “Os Patos”

Cinco inicial: José Esteves, Duarte Catarino, Vasco Bioucas, Rodrigo Carraceno e Bernardo Bonacho

Suplentes: Miguel Martins, Pedro Esteves, Miguel Rodrigues, Tiago Godinho, Pedro Canelas, Diogo Silva e Diogo Esteves

Treinador: Jorge Ramos

CD " Os Patos"
CD ” Os Patos”

Sporting CP

Cinco inicial: Bernardo Passó, Ricardo Pinto, Célio Coque, Hugo Neves e Sévio Marcelo

Suplentes: Tomás Verissimo, Guilherme Torres, Izaquiel Té, Bruno Mota, Frederico Lopes e Tomás Passó

Treinador: Tiago Varandas

Sporting CP
Sporting CP

Marcadores: Hugo Neves (3), Izaquiel Té (2), Tomás Verissimo (2), Célio Coque (2), Tomás Passó (2), Bruno Mota, Sévio Marcelo e Bernardo Bonacho (auto-golo).

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome