Quarta-feira, Março 3, 2021
- Publicidade -

Futsal | Guarda redes do Eléctrico com convocatória histórica para a Seleção Nacional (c/video)

Numa época que está a ser bastante proveitosa para o Eléctrico Futebol Clube a convocatória do seu guarda redes André Correia faz história por ser o primeiro atleta do clube da Ponte de Sor a ser chamado aos trabalhos da principal seleção em qualquer das modalidades existentes no clube.

- Publicidade -

O jovem, 20 anos, nascido em Lisboa, trocou o Sport Lisboa e Benfica no início desta época pelo clube alentejano com o objetivo de jogar mais minutos. Esta época, André Correia tem sido um dos esteios da equipa de Kitó Ferreira, alinhando nos treze jogos já disputados da Liga Placard, justificando a convocatória de Jorge Bráz para a Seleção de Portugal, em estágio em Rio Maior entre os dias seis e nove de dezembro.

André Correia chegou esta época ao Eléctrico. Foto: mediotejo.net (arquivo)

- Publicidade -

Iniciou-se no Académico Clube de Ciências, da Associação de Futebol de Lisboa, com apenas nove anos e aí permaneceu até 2014, ano em que ingressou nos Sub 17 do Benfica até ao final da época passada.

Nos “encarnados” venceu um Campeonato Nacional de Juniores, um Campeonato Nacional da I Divisão, uma Taça de Portugal, uma Taça da Liga e uma Supertaça.

Esta época tem sido um dos esteios da equipa de Kitó Ferreira, alinhando nos treze jogos já disputados da Liga Placard, justificando a convocatória de Jorge Bráz para a Seleção de Portugal, em estágio em Rio Maior entre os dias seis e nove de dezembro.

Irá disputar um lugar na baliza da equipa das Quinas com André Sousa (SL Benfica) e Edu (Vina Albali Valdepenas).

No final do jogo Eléctrico-Caxinas fomos ouvir André Correia:


A “equipa de todos nós” prepara a qualificação para o Campeonato da Europa Países Baixos 2022 (em Amesterdão e em Groningen, entre 19 de janeiro e 6 de fevereiro de 2022), assim como a sua participação no Campeonato do Mundo (que se disputa na Lituânia em 2021).

Guarda-redes de futsal André Correia quer aproveitar oportunidade na seleção

O guarda-redes André Correia, jogador do Elétrico FC, é um estreante em convocatórias da seleção de futsal e quer aproveitar a oportunidade para se manter “junto da elite” da modalidade em Portugal.

“Quero manter-me aqui, se possível, durante muito tempo. Quero fazer a minha estreia oficial em jogos e, porque não, se for possível, ganhar títulos por Portugal. Esse é o objetivo de qualquer atleta da minha idade e não só”, disse o guarda-redes, em declarações à assessoria da Federação Portuguesa de Futebol.

Anteriormente, André Correia chegou a integrar por duas vezes os trabalhos da seleção orientada por Jorge Braz, mas quando estava ao serviço da seleção de sub-21.

Nas seleções, o guarda-redes, de 22 anos, tem 15 internacionalizações pelos sub-21 e duas nos sub-19.

No estágio que a equipa das ‘quinas’ cumpre em Rio Maior, André Correia divide a baliza com André Sousa, do Benfica, e Edu, do Viña Albali Valdepeñas, de Espanha.

“Acredito que as balizas da nossa seleção vão continuar a estar bem guardadas no futuro. O Edu apareceu muito bem no espaço de um/dois anos e tem estado a brilhar na liga espanhola. Na nossa liga temos, ainda mais novo que eu, o Bernardo [Paçó], o Leandro no SC Braga/AAUM – que como eu vêm das seleções jovens”, considerou.

Ainda hoje a seleção de futsal volta a treinar no centro de estágios de Rio Maior (17:30), cumprindo a segunda sessão do dia, e tem previsto o último treino para quarta-feira às 10:30, concluindo três dias de trabalho.

Portugal tinha previsto no início de novembro dois jogos particulares com a Espanha, em Madrid, mas a evolução da pandemia da covid-19, com o aumento de casos, levou ao cancelamento dos compromissos.

Na qualificação para o Euro2022, Portugal tem como adversários no grupo oito a Polónia, a Noruega e a República Checa, tendo previsto o seu primeiro jogo em 29 de janeiro, diante dos noruegueses.

c/LUSA

São estes os escolhidos de Jorge Braz para este estágio:

André Correia nas escolhas de Jorge Bráz.Foto: mediotejo.net (arquivo).

Guarda-redes: André Sousa (SL Benfica), André Correia (Eléctrico FC) e Edu (Vina Albali Valdepenas)

Fixos: André Coelho (FC Barcelona), João Matos (Sporting CP) e Nilson (SL Benfica);

Alas: Bruno Coelho (ACCS Futsal C), Mário Freitas (AD Fundão), Panny (Sporting CP), Pauleta (Sporting CP), Pedro Cary (CR Leões de Porto Salvo) e Tiago Brito (SL Benfica);

Universais: Afonso (SL Benfica), Erick (Sporting) e Fábio Cecílio (SL Benfica);

Pivô: Zicky (Sporting).

*Com David Belém Pereira (multimédia).

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).