- Publicidade -

Terça-feira, Janeiro 18, 2022
- Publicidade -

Futsal | Ferreira do Zêzere perde embate com Caxinas e despede-se da Taça de Portugal (c/fotos e áudio)

SPORT CLUB FERREIRA DO ZÊZERE 1 – ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CULTURAL E RECREATIVA DAS CAXINAS E POÇA DA BARCA 4
Taça de Portugal de Futsal Placard – 3ª eliminatória
Pavilhão Municipal de Ferreira do Zêzere
08-01-2022

- Publicidade -

Num final de tarde fria a temperatura no Pavilhão Municipal em Ferreira do Zêzere prometia aumentar com a hora do esperado reencontro entre estas duas equipas que se haviam defrontado na Final dos “play-off” de subida à Liga Placard no final duma época atípica de 2019/2020.

Equipa das Caxinas já havia vencido o Ferreira do Zêzere em final de “play off”.

Nessa partida o Caxinas saiu vencedor ganhando o direito a militar a época transata no escalão máximo do futsal luso, tendo acabado por descer de escalão. Novamente candidatas à subida este ano, as duas equipas venceram as séries onde estavam inseridas e neste momento encontram-se a disputar o Apuramento de Campeão da II Divisão.

- Publicidade -

Neste jogo da Taça de Portugal o Ferreira do Zêzere tinha uma boa hipótese de “vingar” a derrota no pavilhão de Torres Novas e que o manteve no escalão secundário.

Ferreira do Zêzere com “sede” de vingança.

Começaram melhor os vilacondenses e logo na abertura o jovem internacional Raúl Moreira obrigou o guarda redes Alex a defesa apertada para canto. Na cobrança Raúl voltou a rematar contra um defesa e a emenda de Rafael Lira acabou nas mãos de Alex.

- Publicidade -

Ainda se reclamou grande penalidade após o segundo remate de Raúl Moreira que a equipa de arbitragem não atendeu. Os visitantes estavam melhor no jogo e a pressionarem alto iam impedindo a progressão dos comandados de Rogério Serrador.

No segundo minuto de jogo Jackson Silva rematou para defesa incompleta de Alex e na recarga abriu a contagem, colocando muito cedo o Caxinas na frente do marcador.

Jackson Silva abriu a contagem.

A vantagem foi breve. Logo no minuto seguinte Jackson, estava de “pé quente”, voltou a tentar a sorte mas Romário cortou para canto.

Na resposta dos ferreirenses, David Costa rematou forte para excelente defesa de Tiago Sacramento para o poste. Na conversão do pontapé de canto o esférico sobrou para Vitor Xisto que, fora da área, rematou forte, repondo a igualdade.

Xisto empatou logo de seguida.

Passou a jogar-se de forma equilibrada, com alternância de posse de bola e os remates a ambas as balizas a sucederem-se. Logo após o golo, Xisto voltou a tentar da meia distância e começou a perceber-se que bater Sacramento, guarda redes do Caxinas, ia ser tarefa árdua.

Aos cinco minutos Rui Fortes conseguiu isolar-se e, na cara de Sacramento, rematou contra o guarda redes vilacondense.

Sacramentou esteve quase imbatível.

Pouco depois foi a vez de Diogo Simões alvejar a baliza forasteira e de novo teve a oposição de Sacramento.

Aos oito minutos, após Raúl Moreira ter rematado cruzado mas sem direção, o guarda redes do Ferreira do Zêzere, Alex, saiu a jogar subindo na quadra. Uma perda de bola foi-lhe fatal permitindo o remate de Zézinho para a baliza deserta.

Zézinho colocou o Caxinas de novo na frente.

De novo na frente do marcador, o Caxinas obrigou os donos da casa a trabalho redobrado.
Tentaram reagir os ferreirenses mas nem sempre bem. Um mau passe de Buzuzu permitiu o remate a outro jovem internacional das Caxinas, Lúcio Rocha, passando o esférico muito perto da baliza à guarda de Alex.

Estava-se a meio da primeira parte e o jogo estava agradável de seguir, com tudo em aberto no que ao resultado dizia respeito. Pouco depois David Costa tentou o remate da meia distância e Buzuzu, na cara do guarda redes, tentou a emenda mas Sacramento não se deixou “burlar” e defendeu.

Equipa da casa tentou marcar de toda a maneira possível.

Aos 13 minutos, após um remate cruzado de David Costa ter dado origem a novo canto, Buzuzu perdeu a bola para Lúcio Rocha que, numa boa iniciativa, obrigou Diogo Simões a arrojar-se ao solo para esconjurar o perigo.

À passagem do quarto de hora o capitão do Ferreira do Zêzere, Alexis, rematou de fora da área para nova intervenção do guarda redes visitante. Mais uma enorme defesa.

Na resposta Rúben Teixeira desenvencilhou-se do seu marcador direto e rematou a contar.
Com uma eficácia tremenda o Caxinas colocava-se a vencer por dois golos de diferença.

Rúben Teixeira ampliou a vantagem ainda antes do descanso.

No recomeço Romário rematou ao lado e Rogério Serrador pediu uma pausa técnica, tentando melhorar o desempenho da sua equipa. Aos 17 minutos Diogo Simões forçou o guarda redes Sacramento a ceder canto e na reposição, a remate de Romário, Raúl Moreira cortou pela linha de fundo.

Romário era o mais inconformado dos ferreirenses e o mais rematador nesta fase do jogo. Aos 18 minutos obrigou Sacramento a aplicar-se para defender a dois tempos o forte remate.

Romário foi o mais rematador da equipa da casa.

Xisto ainda rematou forte para nova intervenção do guarda redes mas a buzina levou toda a gente para o descanso. O resultado ao intervalo aceitava-se pela maior eficácia dos caxineiros que tinham na baliza um guarda redes em muito boa forma.

Ficava no ar a expectativa para ver como se iria posicionar a equipa de Rogério Serrador para um segundo tempo que se adivinhava de muita luta para levar de vencida, ou não, a valorosa equipa que se auto intitula: “Sangue do Mar”.

Equipa das Caxinas com bom desempenho.

Pedia-se maior eficácia ofensiva à equipa da casa e os erros defensivos estavam interditos.
Aos 23 minutos o Ferreira do Zêzere beneficiou dum livre e David Costa rematou contra a barreira, sobrando a bola para Diogo Simões que rematou para a linha de fundo.

Com os donos da bola com mais posse de bola o Caxinas defendia bem e espreitava o contra golpe. Lúcio Rocha, lançado em velocidade, permitiu a antecipação do guarda redes.

Jovem internacional Lúcio Rocha é valor para o futuro.

Aos 25 minutos, numa fase movimentada da partida, Raúl Moreira, no seguimento dum canto, obrigou à cedência de novo canto que permitiu o remate de Rafael Lira para defesa de Alex. Na resposta Buzuzu assistiu Rui Fortes mas este chegou um tudo nada atrasado.

Numa reposição lateral Diogo Simões serviu Rui Fortes que rematou ao lado. O Caxinas aproveitou um roubo de bola para lançar Paulinho que não falhou e aumentou a contagem.

Paulinho fixou o resultado.

A perder por números expressivos com 14 minutos para jogar a vida não estava fácil para a equipa da casa mas, diga-se, não se poupou a esforços para inverter a tendência da partida.

Aos 28 minutos Buzuzu rematou cruzado e Jackson Silva meteu a cabeça à bola e quase traia o seu guarda redes. Rúben Teixeira respondeu e, apesar de carregado à margem da lei, executou o remate que saiu ao lado.

Com meia hora de jogo o Ferreira do Zêzere desenhou uma boa transição com a bola a rodar pelos vários jogadores que culminou com um forte remate de Xisto que o guarda redes Sacramento parou com dificuldade.

Muito rematou a equipa da casa!

Enquanto o Caxinas geria a vantagem o Ferreira carregava e desdobrava-se em remates.
Aos 32 minutos, na transformação dum livre frontal, Buzuzu voltou a ver o guarda redes negar-lhe o golo. Xisto, num bonito remate de “moinho” não teve melhor sorte.

No minuto seguinte foi a vez de Diogo Simões. Sacramento continuava a brilhar a grande altura. A partir dos 33 minutos o Ferreira do Zêzere começou a jogar em 5X4 com David Costa como guarda redes avançado. Rogério Serrador pediu uma pausa técnica preparando a nova estratégia.

David Costa funcionou como guarda redes avançado.

Mas nem com cinco jogadores de campo o marcador se moveu. A equipa da casa fez de tudo mas estava escrito que não era dia de ganhar. O Caxinas defendeu bem, foi gerindo o tempo e mesmo no último fôlego o Ferreira introduziu o esférico na baliza de Sacramento. A buzina tinha soado antes ficando o resultado final definido em 1-4.

Vitória justa da equipa mais competente a defender e a atacar. O Ferreira do Zêzere cometeu erros defensivos que custaram caro, falharam na concretização e apanharam um guarda redes que defendeu quase tudo. O Caxinas segue em frente na Taça de Portugal de Futsal Placard. Boa arbitragem.

Caxinas segue em frente na Taça de Portugal.

Ficha do Jogo:

SPORT CLUB FERREIRA DO ZÊZERE:
Alex, Tiago Costa, Buzuzu, David Costa e Romário.
Suplentes: Jorge Oliveira, Alexis, Diogo Nunes, Diogo Simões, Rui Fortes, Tukinha, Hugo Freitas e Vítor Xisto.
Treinador: Rogério Serrador.

Sport Club Ferreira do Zêzere.

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA CULTURAL E RECREATIVA DAS CAXINAS E POÇA DA BARCA:
Tiago Sacramento, Raúl Moreira, Lúcio Rocha, Rafael Lira e Jackson Silva.
Suplentes: Léo Santos, Miguel Ribeiro, Paulinho, Marafona, Zézinho e Rúben Teixeira.
Treinador: Nuno Silva.

Associação Desportiva Cultural e Recreativa das Caxinas e Poça da Barca.

GOLOS:
Xisto (F.Zêzere); Jackson Silva, Zézinho, Rúben Teixeira e Paulinho (Caxinas).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Nuno Pereira (AF Porto) e Bruno Araújo (AF Viana do Castelo).
Cronometrista: André Franco (AF Leiria).

Equipa de Arbitragem: Nuno Pereira e Bruno Araújo com os capitães.

No final fomos falar com ambos os técnicos:

ROGÉRIO SERRADOR (Ferreira do Zêzere)

Rogério Serrador, treinador do Ferreira do Zêzere

 

NUNO SILVA (Caxinas)

Nuno Silva, treinador do Caxinas.

*Com David Belém Pereira (multimédia).

 

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome