Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol/Inatel | São Miguel vence Vilanovense e apura-se para os quartos (C/FOTOS e AUDIO)

CASA DO POVO DE S.MIGUEL    1   –   UNIÃO CULTURAL DESPORTIVA VILANOVENSE   1
(4-2 após penalidades)

- Publicidade -

Campo de Jogos Farinha Pereira, em São Miguel do Rio Torto

Campeonato Distrital de Santarém do INATEL- Oitavos de Final- Série 2
Campo de Jogos Farinha Pereira
S.Miguel do Rio Torto
29-04-2017

- Publicidade -

Equipas saúdam o público

Numa tarde nublada, com o sol a espreitar amiúde, com algum vento encontraram-se no magnífico cenário do Campo Farinha Pereira duas equipas à procura do passaporte para os Quartos de Final. Ambas tentaram preencher a zona de meio campo para aí gizar a melhor forma de atacar as balizas contrárias. Começou melhor o conjunto de São Miguel e logo aos 5 minutos viu Duarte Lopes rematar para defesa fácil de Duarte Nuno.

No minuto seguinte os visitantes beneficiam de livre que foi batido para dentro da área mas anulado por posição irregular.

Remate na área do S.Miguel mas em posição irregular

O meio campo da equipa da casa não conseguia explanar o futebol a que nos habituou e a sua defesa revelava algum nervosismo, o que poderia ser fatal à passagem do minuto 10, num deficiente atraso, vulgo “rosca”, obrigando o guarda redes João Gomes a defesa de recurso para canto.

Aos 17 minutos Gonçalo Oliveira, liberta-se pela esquerda e cruza a propósito para André Neves que obriga o guarda redes visitante a ceder canto. O jogo começava a apresentar uma toada de equilíbrio, com oportunidades repartidas, mas sem oferecer grande perigo com as defesas a resolverem a contento. Começava-se a perceber que muito do futebol da equipa do concelho de Azambuja passava pelos pés de Job Furtado.

Muito do futebol da Vilanovense passou por Job Furtado

Na equipa de S. Miguel o mais rematador era  Diogo Martins mas sem levar verdadeiro perigo à baliza de Duarte Nuno. E chegou-se ao intervalo sem que o marcador sofresse alterações. Resultado justo para a ineficácia atacante e a falta de criatividade na zona de construção.

E a segunda parte começou com Manuel Gaio a enviar a bola à trave e na emenda David Fontinha a rematar ao lado. Começava forte a equipa do concelho de Abrantes e ia construindo algumas oportunidades, nomeadamente por André Neves, sem sucesso.

Momento de assédio à baliza da Vilanovense

Respondia a equipa de Vila Nova de S.Pedro, sempre com Job Furtado a pegar na batuta e à passagem  da hora de jogo este sofre carga de David Cabaço, no coração da área. O árbitro João Simões assinalou de pronto a marca de grande penalidade. Chamado a converter Job Furtado não vacilou e bateu João Gomes. Estava inaugurado o marcador e aguardava-se uma resposta do S. Miguel. Estranhamente, acusando muito o golo sofrido, entrou num estado de apatia permitindo ao Vilanovense a criação de algumas situações perigosas.

Foi um jogo com muita entrega, nem sempre bem jogado

O jogo encaminhava-se para o final e aos 76 minutos, a quatro de se esgotar o tempo regulamentar, Diogo Martins remata de forma deficiente, com pouca força de fora da área.A bola ultrapassa a defesa contrária e lentamente dirigiu-se para o guarda redes Duarte Nuno. Este, abordou o lance de forma displicente, permitindo que a bola lhe passasse entre as mãos e pernas. Um “frango” monumental que relançou o jogo.

Jogadores de S. Miguel tentam fechar o caminho para a sua baliza

Com pouco tempo para jogar as equipas não tiveram força anímica nem arte e engenho para alterar o marcador. Finalizado o jogo partiu-se para a lotaria dos penalties onde o S.Miguel foi mais eficáz apurando-se assim para os Quartos de final.

Foi um jogo pouco conseguido, ainda assim com muita entrega onde qualquer das equipas podia ter vencido. A sorte sorriu à equipa da casa.

Guarda redes João Gomes garante passagem ao defender penalidade

A equipa de arbitragem, chefiada por João Simões resolveu bem as poucas dificuldades que lhe surgiram. Bem auxiliado. Nota positiva.
FICHA DO JOGO:

Casa do Povo de S. Miguel do Rio Torto

CASA DO POVO DE S.MIGUEL:
João Gomes, Gonçalo Alves (Jota), David Cabaço, João António, Manuel Gaio, João Salgueiro, Gonçalo Oliveira, André Neves, David Fontinha, Diogo Martins e Duarte Lopes (Paulo Pereira).
Suplentes: Arsénio, Belarmino, José Gaio, Jota, José Silva, Paulo Pereira e Ricardo Alves.
A OPINIÃO DO TREINADOR, Manuel Cabaço:

União Cultural e Desportiva Vilanovense

UNIÃO CULTURAL DESPORTIVA VILANOVENSE:
Duarte Nuno, Pedro Carvalho, André Leal, David Lalim (André Rocha), Fernando Morais, Ivo Lalim, Luis Batista, Rui Cordeiro, Fábio Fernandes, Rodolfo Barquinha e Job Furtado.
A OPINIÃO DO TREINADOR, Job Furtado:

GOLOS: Diogo Martins (S.Miguel) e Job Furtado (Vilanovense)

Equipa de arbitragem: João Simões, Sérgio Morujo e João Carlos

EQUIPA DE ARBITRAGEM: João Simões, Sérgio Morujo e João Carlos.

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here