Futebol | Vitória robusta do Alcains em Mação construída em dez minutos (C/fotos e audio)

Equilíbrio foi nota dominante no primeiro tempo mas Alcains resolver a seu favor. Foto: mediotejo.net

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE MAÇÃO 0 – CLUBE DESPORTIVO DE ALCAINS 3
Campeonato de Portugal – Série C – 27ª jornada
Campo Municipal Agostinho Pereira Carreira
Mação
24-03-2019

PUB
Campo Municipal Agostinho Pereira Carreira em Mação.

Com o sol a romper as nuvens e uma temperatura amena, o sintético do Agostinha Pereira Carreira recebeu as duas equipas que ocupam os lugares derradeiros da classificação da Série C. Ainda assim, o Municipal maçaense registava boa assistência com adeptos de ambos os emblemas.

Matematicamente a manutenção ainda é possível para ambos mas era necessário um verdadeiro “milagre” em que poucos acreditarão. O Mação havia interrompido um ciclo de resultados positivos no pretérito domingo em Castelo Branco e o Alcains, a apresentar melhorias com a chegada do jovem treinador Leandro Monteiro, vinha de duas derrotas. Com dois pontos a separar as equipas havia curiosidade em saber se a lanterna vermelha mudava de dono…

PUB
Apesar de ocuparem os lugares do fundo as equipas apresentaram jogadores de qualidade.

Com as lesões e castigos a obrigarem o técnico Rui Pedro Gaivoto a “mexidas” no xadrez da sua equipa, o Mação apresentou os habituais laterais, Tenta Maeda e Araújo numa posição mais adiantada no terreno voltando Simão Moreno para a direita da defesa e o angolano Miguel Quiami à esquerda. Dois internacionais nas laterais!
O jogo começou em toada de equilíbrio, com as equipas a encaixarem rapidamente, com a bola sobre o meio campo, longe das balizas.

Jogo emotivo entre duas equipas da cauda da tabela.

O primeiro sinal de perigo pertenceu aos visitantes num excelente cruzamento da direita a apanhar Edema em boa posição na área. O ugandês parou no peito e rematou forte mas para fora. Decorria o nono minuto de jogo. No minuto seguinte foi o capitão maçaense, Luís Esteves, a testar as qualidades do guarda redes João Gomes. O forte disparo de fora da área foi desviado para canto. Na sequência do mesmo, Simão Moreno disparou muito perto do poste da baliza dos serranos.

PUB

João Gomes voltou a estar em foco as 12 minutos ao demorar uma reposição com os pés e a permitir a interposição de Tiago Vieira. A bola sobrou para Jean Marcelino que sem o guarda redes na baliza atirou por cima.

Muito trabalho para João Gomes no primeiro tempo.

Com bons executantes nas duas equipas começou a travar-se duelos interessantes, principalmente a meio campo, com constantes roubos de bola. Um futebol emotivo mas com pouca produção atacante. Só aos 25 minutos Peter, do Alcains, deu um pontapé na monotonia. Passou muito longe da baliza de Chico Sousa.

Responderam os da casa com uma sequência de cantos, muito bem marcados por Miguel Quiami que o guarda redes e a defensiva forasteira resolveram.

Bolas paradas criaram embaraços.

As bolas paradas começaram a ganhar relevância e um livre, marcado de muito longe, encontrou Abudu no segundo poste em boa posição para marcar. Rematou para fora. O cronómetro assinalava a meia hora de jogo. Lucas Reis, em velocidade, ganhou a linha de fundo e cruzou atrasado. Para ninguém…

Aos 35 minutos Jean bateu um livre à entrada da área para uma magnífica intervenção do guarda redes João Gomes para canto. Jean voltou a tentar de longe e Lucas imitou-o. O destino do esférico foi a linha de fundo, longe da baliza.

O intervalo chegou com um resultado aceitável apesar do “sinal mais” da equipa da casa. Pertenceram-lhe as oportunidades flagrantes e só um inspirado guarda redes o Alcains manteve a sua baliza inviolável.

Inspiração do guarda redes João Gomes manteve o nulo ao intervalo.

A segunda parte vinha carregada de expectativa. Sabia-se que um golo poderia “abrir” o jogo e catapultá-lo para níveis exibicionais superiores. Logo no primeiro minuto, Sunday avisou ao cabecear muito perto, na sequência de um livre. A resposta maçaense surgiu logo depois com Tiago Vieira a rematar para defesa segura de João Gomes.

Aos 53 minutos Jean ensaiou a meia distância. A bola esbarrou num defesa originando um pontapé de canto. Do outro lado do canto um venenoso cruzamento da ala esquerda do Alcains obrigou Bernardo Bento a ceder canto.

Acerto defensivo foi adiando os golos.

O Alcains começou a apossar-se do controle do jogo. Começou a ter mais bola e com ela acelerava o jogo criando dificuldades à equipa da casa. Dois remates de Abudu e do capitão Rúben Nogueira levaram um sério aviso ao passarem muito perto da baliza de Chico Sousa.

Aos 64 minutos um cruzamento do lado esquerdo cruzou a área sem que ninguém afastasse e Edema não se fez rogado abrindo o marcador. Ainda ecoavam os aplausos dos adeptos de Alcains no Agostinho Pereira Carreira e um novo cruzamento de Rúben Nogueira permitiu a Abudu aumentar a contagem.

Edema abriu a contagem para os visitantes.

Em dois minutos o Alcains passava para um resultado confortável, materializando uma segunda parte bem conseguida. O Mação, orfão de alguns jogadores influentes, pareceu não ter capacidade de reação.

Aos 69 minutos Chico Sousa, com uma enorme defesa, negou o golo a Miguel Rebelo que havia entrado já no segundo tempo e sairia aos 78 minutos. Ainda assistiu em campo ao excelente golo de Rúben Nogueira. Fora da área, temporizou, puxou para o melhor pé e o remate partiu colocado. Nem a estirada de Chico Sousa parou o esférico e aos 74 minutos o marcador ficava encerrado.

Capitão do Alcains, Rúben Nogueira, fechou a contagem com um grande golo.

Não se conformou a equipa da casa e com um quarto de hora para jogar e com as forças a escassear tentou lutar contra um resultado que tinha tanto de pesado como de inesperado. De livre Lucas Reis enviou o esférico à barreira. Pouco depois uma grande confusão na área maçaense poderia ter dado o quarto do Alcains. Afastou a defesa.

Já nos descontos um livre frontal à entrada da área levou Miguel Quiami a enviar a bola à figura do guarda redes João Gomes para defesa fácil. Pouco depois o árbitro deu o jogo por terminado.

Mação ainda esboçou uma reação aos golos.

Jogo bem disputado, com jogadores com qualidade e períodos muito interessantes. Resultado robusto a premiar a excelente segunda parte do Alcains e a sua eficácia. O Mação acusou em demasia a ausência de jogadores fulcrais na sua manobra. O Alcains passou ao Mação a lanterna vermelha. Boa arbitragem.

Chico Sousa com segunda parte de muito trabalho.

Numa altura em que se fala tanto do apoio à formação fica como tema de reflexão a presença de início, nas duas equipas, de apenas dez jogadores nacionais e doze jogadores estrangeiros de onze nacionalidades diferentes!!!

Muitos jogadores estrangeiros em campo.

FICHA DE JOGO:

ASSOCIAÇÃO DESPORTIVA DE MAÇÃO:
Chico Sousa, Simão Moreno (João Marchão), Bernardo Bento, Gonçalo Lélé, Miguel Quiami, Bruno Araújo, Luís Esteves, Tiago Vieira, Tenta Maeda, Jean Marcelino (Márcio Costa) e Lucas Reis (Rodrigo Ribeiro).
Suplentes não utilizados: Alexandre e Litos.
Treinador: Rui Pedro Gaivoto.

Associação Desportiva de Mação.

CLUBE DESPORTIVO DE ALCAINS:
João Gomes, Nuno Ramos, Peter, Abudu, Landry, Alex (Yero), Sunday, Rúben Nogueira, Kaba, Edema e Leo (Miguel, depois Samuel).
Suplentes não utilizados: Fábio, Yago, Fábio Sousa e Paulico.
Treinador: Leandro Monteiro.

Clube Desportivo de Alcains.

GOLOS: Edema, Abudu e Rúben Nogueira (Alcains).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Tiago Pinto, Eduardo Gaspar e Henrique Ramos (AF Leiria).

Equipa de arbitragem: Tiago Pinto, Eduardo Gaspar e Henrique Ramos com os capitães.

No final os treinadores falaram em exclusivo para o mediotejo.net:

Rui Pedro Gaivoto-Treinador do Mação.

 

Leandro Monteiro-Treinador do Alcains.

*Com David Belém Pereira (fotos).

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here