Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Julho 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol: União Tomar vence em Rio Maior e praticamente assegura 3º posto

3 de abril de 2016, 15 horas, Rio Maior

- Publicidade -

Campeonato Distrital da 1ª Divisão de Seniores da Associação de Futebol de Santarém

União Desportiva de Rio Maior 1 – União Futebol Comércio e Indústria de Tomar 2

- Publicidade -

Crónica do jogo por Jorge Duarte

IMGP0120
Jorge Duarte

Jogo entre terceiro classificado e um dos últimos, sendo que a equipa da casa está a entrar em campo quase só para cumprir calendário, tendo a direcção do Rio Maior tomado e bem a decisão de não abandonar o campeonato, levando até ao fim de forma digna a sua participação neste campeonato, o que só dignifica a equipa técnica, a direcção e os jogadores.

Se o destino do Rio Maior parece traçado, os seus jogadores quando entram em campo dão tudo o que têm para dar, tendo nesta partida dificultado logo de inicio as contas do União de Tomar, entrando à procura de resolver o jogo a seu favor, procurando marcar cedo para surpreender os nabantinos. Quase o iam conseguindo, pois logo no primeiro minuto, a defesa nabantina talvez surpreendida pelo atrevimento dos jogadores da casa, quase oferecia de bandeja um golo ao Rio Maior.

Este atrevimento foi o tónico para todo o jogo, pois a equipa da casa nunca baixou os braços, entregando-se ao jogo e colocando sempre muitas dificuldades ao União de Tomar, pelo que ao intervalo o resultado se aceitava, apesar de os tomarenses terem chegado com mais perigo à área contrária e terem criado duas situações flagrantes de golo, uma por Tiago Vieira que ofereceu a Pelé a possibilidade de marcar e Wemerson que isolado permitiu ao improvisado guarda redes André Sousa (avançado que jogo na baliza por falta de guarda redes), uma boa defesa.

Para a segunda parte os comandados de Lino Freitas, deram um pouco mais de ritmo ao jogo, trocando mais a bola, o que causou naturais dificuldades ao Rio Maior. Conseguiram aproveitar uma falha da equipa da casa para inaugurar o marcador por Bruno Araújo, que no meio da confusão encontrou o caminho certo para a baliza. Este golo já se justificava mas a boa replica da equipa da casa, estava a deixar os jogadores tomarenses algo preocupados pois o golo tardava em surgir.

Com o primeiro golo o Tomar ficou mais tranquilo e quando o adversário procurava reagir, alcançou o segundo golo por intermédio de Tiago Vieira, depois de um bom passe de Luís Pedro.

O ainda júnior Tiago Vieira apontou o segundo golo dos nabantinos. Foto João Pereira Fidalgo

O jogo parecia resolvido a quinze minutos do fim, mas um golo de Lúcio, um dos melhores em campo do Rio Maior, a par de Conde, João, assim como o experiente Dimas, deixou o resultado na margem mínima, com os jogadores do Rio Maior a fazerem um “forcing” final para pelo menos chegarem ao empate, o que não conseguiram devido à experiência da equipa nabantina.

Com estes três pontos e com os resultados verificados nesta jornada, a equipa tomarense praticamente assegurou o terceiro posto no Campeonato, uma vez que alargou a vantagem para sete pontos sobre o quarto classificado, quando faltam disputar 3 jornadas para o fim da prova.

Boa arbitragem de Nelson Andrade e seus assistentes

Estádio Municipal de Rio Maior

Árbitros: Nelson Andrade, Tiago Ribeiro e César Soares

Trio de arbitragem e capitães de equipa na habitual escolha de campo. Foto João Pereira Fidalgo

UD Rio Maior

André Sousa, Conde, Wilson, João, Dimas, Lúcio, Ruben (Nuno), Gerson, Kevin, KáKá (Sabino) e Tiago (David)

Suplentes: Nuno, Sabino, David

União FCI Tomar

Fábio Silva, David Vieira, Filipe, Fabio Vieira, Nuno Rodrigues, Douglas, Luís Pedro (Figueiredo), Pelé (Diogo), Bruno Araújo, Tiago Vieira e Wemerson (Dilan)

Suplentes: Brito, Figueiredo, André, Rui China, Telmo, Diogo e Dilan

Marcadores: Lúcio (84′) ; Bruno Araújo (56′) e Tiago Vieira (74′)

Cartões amarelos: Conde ; Douglas e Fábio Vieira

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome