- Publicidade -

Sexta-feira, Dezembro 3, 2021
- Publicidade -

Futebol | União de Tomar vence Ouriense por 4-0 para a Taça Ribatejo

Ultimo jogo da fase de grupos para qualquer uma das equipas, sendo que  para facilitar as contas, uma vitória para qualquer uma delas  significava seguir em frente na Taça do Ribatejo sem contas para fazer. As duas equipas já se tinham encontrado esta época, mas para o  campeonato, mas aí levou a melhor o At. Ouriense que venceu na sua  casa o U. Tomar por três a dois.
Desta feita não havia margem de erro, pois ambas sabiam que a derrota  levava à saída da Taça do Ribatejo. Jogando em casa, com o apoio do seu público, o U. de Tomar entrou bem  no jogo, controlando as ações e jogando rápido na procura do golo. Mas  encontrou do lado contrário um At. Ouriense também organizado e  extremamente objectivo na procura do golo. Estava dado o mote do jogo,  muito intenso e rijo, com o árbitro a ter alguns problemas para  resolver.
Nos primeiros quinze minutos, qualquer das equipas se podia ter  adiantado no marcador, mas seria só de grande penalidade que o Tomar seria a primeira equipa a marcar golo, aos dezoito minutos, por Luis  Pedro Alves, que chamado a cobrar mais uma vez não falhou.
Não baixou os braços o Ouriense, partido à procura do empate, mas  acertar na baliza não estava fácil. Leandro, Patrick e Matias, andaram  perto do golo mas não conseguiram marcar e como quem não marca sofre,  Christian Pedroso, bem lançado no ataque, entrou na área e à saída do  guardião Hélio correspondeu com um belo toque para a baliza, fazendo  o segundo golo da partida a sete minutos do intervalo.
Este haveria de ser o resultado no final da primeira parte, que terminou  com eficácia do União de Tomar em detrimento da falta de pontaria dos  jogadores do Ouriense que tiveram ocasiões mais do que suficientes  para sair com outro resultado no fim dos primeiros 45 minutos.
A segunda parte foi um pouco diferente, pois o União de Tomar não  deixou o Ouriense jogar como no primeiro tempo, isto apesar de o jogo  continuar aberto, bem disputado e rijo. O Ouriense sentiu mais  dificuldades para chagar junto da baliza do Tomar, que foi sempre  espreitando o terceiro golo, e o Atlético Ouriense procurando reduzir para a margem mínima, o que lhe daria a possibilidade de entrar na discussão do resultado e ter uma palavra ainda a dizer nesta edição da prova rainha da AF Santarém.
Mas o  jogo esteve sempre mais inclinado para o União de Tomar fazer o  terceiro, o que viria a acontecer mais uma vez por Christian Pedroso,  que bisou no jogo e acabou com as esperanças do Ouriense, que apesar  da vontade e da luta, ainda sofreu o quarto golo, já nos  descontos, por Luis Rito que tinha entrado a quinze minutos do fim.
A nível da arbitragem, não foi uma tarde fácil para o arbitro e para  os seus assistentes, com muitos cartões amarelos mostrados,  principalmente para os jogadores da casa e muitas criticas ao seu trabalho por parte do treinador do Ouriense.

Arbitro: Diogo Vicente
Assistentes: André Clemente e Rui CabeleiraU. Tomar:
João Pedro, Filipe Cotovio, Nuno Rodrigues (Cap.), Fábio Vieira, David  Vieira, Araújo, Ricardo Pais, Luis Pedro, Rui China, Christian  Pedroso(Luis Rito), Wemwerson(Telmo Ferreira)

- Publicidade -

Suplentes: Fábio Silva, D. Gaspar, Espadinha, Rui Pedro, Joca

Treinador: Lino Freitas

- Publicidade -

At. Ouriense:
Hélio, Palheta(Dioguinho)Ayrton, bernas, Ruas, Dino(cap), Leanddro,  Matias, Major(Moleiro) Tiago Luzio(Tico),Patrick.

Suplentes, Diogo Marques, Cambé, Afonso.

Treinador: Mário Nelson

Golos, 18 min (GP), Luis Pedro, 28 e 68 min por Christian Pedroso, e aos 90+2 min por Luís Rito

Texto: Jorge Duarte/parceria Rádio Hertz
Fotos: João Pereira Fidalgo

Irreverente, frontal e critico. Nasceu em Abrantes no melhor ano do
século passado: 1969, ano em que o Homem foi à Lua. Nos tempos de liceu queria ser jornalista, tendo optado por essa área, onde pela mão do Prof. Alcino Serras deu os primeiros passos na profissão, tendo começado mais a sério na Radio Antena Livre, no final da década de 80. Desde essa altura, o 'bichinho' ficou, tendo colaborado com várias rádios e jornais. Gosta de colecionar amigos e de se dar bem com toda a gente (mesmo sabendo que isso não é possível).

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome