Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quinta-feira, Outubro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | União de Tomar soma três pontos com vitória suada sobre Fazendense (C/AUDIO)

O União de Tomar venceu em Fazendas de Almeirim por 1-2, somando os comandados de Lino Freitas a primeira vitória no campeonato distrital da 1ª divisão da AF Santarém. Duas equipas com início bem diferente no campeonato, os da casa sem perder nas duas primeiras jornadas, os visitantes sem qualquer ponto ainda, buscavam não repetir novo desaire. E foram mais felizes os de Tomar, com algumas críticas por parte do técnico do Fazendense.

- Publicidade -

Um minuto de silêncio antecedeu o início do encontro em Fazendas de Almeirim pela memória do atleta João Laranjeiro. Foto: DR

A partida começou tal como acabou, tendo sido jogado sempre de uma forma muito intensa. Começou melhor a equipa da casa, mas o União de Tomar foi sempre respondendo bem e equilibrado, conseguiu mesmo por vezes ter mais posse de bola, acabando por ser a primeira equipa a criar perigo. Respondeu o Fazendense, mas também não marcou.

- Publicidade -

Até que aos 18 minutos, Rui Pedro, num canto direto, beneficiando de uma grande confusão ao primeiro poste, marcou, num lance em que a equipa da casa reclamou, e ao que parece com alguma razão, uma falta de um jogador do União de Tomar, que no meio da molhada tirou o guarda redes da ação. O árbitro assim não entendeu e validou o primeiro golo da partida.

Bom jogo de futebol em Fazendas de Almeirim. Foto. JD

Reagindo bem, o Fazendense empatou cinco minutos depois por Rama, concluindo uma boa jogada, e já depois de Tiago Martins ter tido dentro da área uma ocasião das três que veria escapar por pouco ao longo do jogo.

O desafio continuava dividido com qualquer das equipas a poder marcar, mas a sorte caiu para o União de Tomar, ou melhor para os pés de Diogo Pereira, que aproveitando uma bola perdida pelo Fazendense, de fora da área recebeu a bola e de frente para a baliza fez um golo de bandeira. Chegou-se ao intervalo com o resultado favorável à equipa de Lino Freitas.

A segunda parte não mudou de figura. Jogo intenso, com a equipa da casa procurando marcar mas sem o conseguir. O Fazendense tudo tentou para pelo menos não perder, mas quando as oportunidades de golo apareciam, ou os seus jogadores falhavam ou então o guarda redes do União de Tomar, Nuno Ribeiro, defendia.

O Fazendense perdeu em casa com o União de Tomar por 1-2. Foto: JD

Como não houve mais golos, manteve-se o resultado do primeiro tempo, com o União de Tomar a somar 3 pontos e o Fazendense, que até merecia o empate, averbou a primeira derrota.

Arbitragem difícil, por vezes complicada e com o primeiro golo do jogo a deixar muitas dúvidas sobre a legalidade do lance.

FICHA DE JOGO:

Árbitro: Manuel João Mendes. Assistentes: Nelson Andrade e, João Mendes.

Fazendense:

Zé Vieira, Guedes, Laranjeira, Rama(André Rocha), Diogo Oliveira. Tiago Martins, Liká, Fábio (cap)(Bernardo Jorge), Antão (Wilson), Tigas(Matias), D. Cordeiro.

Treinador: Gonçalo Carvalho

Suplentes: Manu, Diogo Martins, Isas.

União de Tomar:

Nuno Ribeiro, David Vieira(Pires) Monteiro (Filipe Cotovio) Diogo Gaspar, Alan, Telmo Ferreira (Flávio Graça) Nuno Rodrigues ( cap.) Rui Pedro (Faustino) João Pedro, Diogo Pereira.

Treinador: Lino Freitas

Suplentes: Brito, André Lopes.

Golos: 18 min Rui Pedro, 23 min Rama, 41 min Diogo Pereira.

No final ouvimos ambos os treinadores:

Gonçalo Carvalho, treinador do Fazendense. Foto: mediotejo.net

Lino Freitas, treinador do União de Tomar. Foto: mediotejo.net

*Jorge Duarte – parceria rádio Hertz e mediotejo.net

Irreverente, frontal e critico. Nasceu em Abrantes no melhor ano do
século passado: 1969, ano em que o Homem foi à Lua. Nos tempos de liceu queria ser jornalista, tendo optado por essa área, onde pela mão do Prof. Alcino Serras deu os primeiros passos na profissão, tendo começado mais a sério na Radio Antena Livre, no final da década de 80. Desde essa altura, o 'bichinho' ficou, tendo colaborado com várias rádios e jornais. Gosta de colecionar amigos e de se dar bem com toda a gente (mesmo sabendo que isso não é possível).

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome