Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | União de Tomar e Amiense dividem pontos em jogo de equilíbrios

Jogo entre duas equipas que, não começando bem o campeonato, encontram-se ambas a entrar no seu melhor, por isso adivinhava-se um -se um jogo muito intenso e equilibrado. E foi precisamente o que aconteceu, num jogo com muita pressão de ambas as partes e que resultou num empate sem golos e na divisão justa de pontos entre Tomar e Amiense.

- Publicidade -

Começou melhor o Amiense, conseguindo mais posse de bola e empurrando o União de Tomar para o seu meio campo, respondendo os visitados através de contra ataques, mas sem sucesso, tal como o Amiense, que apesar de ter mais bola não conseguia marcar golo.

Foto: João Flores

- Publicidade -

Os jogadores do União de Tomar mostraram-se muito solidários e não permitiam que o Amiense chegasse à sua baliza. Nos últimos quinze minutos da primeira parte,  as trocas de jogadores nos flancos trouxe algum equilíbrio para o União de Tomar, mas também não conseguiu os seus objetivos, que seria o de marcar antes do intervalo. O empate era o melhor que se podia arranjar no final da primeira parte, pois também não houve grandes oportunidades de golo.

Foto: João Flores

Para a segunda parte do desafio, o União de Tomar fez uma alteração tática, ficando Filipe Cotovio nos balneários, entrando para o seu lugar André Lopes. A equipa de Lino Freitas passou a ter mais bola e a tentar desequilibrar o jogo a seu favor, mas encontrou um Amiense sempre muito organizado e muito aguerrido, que não deu grandes chances ao União de Tomar para fazer golo.

Também o União de Tomar tapou sempre muito bem os caminhos da sua baliza, à exceção de um ou outro lace, e as ocasiões de golo foram raras, exceto quando Luís Torres, mais conhecido por Moleiro, ao ficar isolado perante o guarda redes Nuno Ribeiro, e depois de uma primeira defesa deste, estando o mesmo no chão com a bola nas suas costas, Moleiro com a baliza aberta, rematou para fora.

Foto: João Flores

Esta foi a melhor ocasião de golo em todo o jogo para qualquer das equipas, sendo que por aqui se vê que o empate acaba por ser o resultado mais justo.

Boa arbitragem de João Veríssimo, sem qualquer reparo disciplinar aos jogadores, não tendo mostrado qualquer cartão.

Arbitro: João Veríssimo

Assistentes: Nuno Martins e Hugo Simões

União de Tomar:

Nuno Ribeiro, David Vieira, Allan, Filipe Cotovio (André Lopes), Diogo Gaspar, Kiko (Diego), Telmo Ferreira (Faustino), Nuno Rodrigues (cap), Rui Pedro (Rafael), Diogo Pereira, Pires.-

Treinador: Lino Freitas

Suplentes não utilizados: Anderson, Mesquita, Miguel Abreu.

C. D. Amiense:

Francisco Reis, Costinha, Ricardo Rei, Tiago Mateus, Nuno Tiago (Hugo Pereira), Ricardo Peralta, Miguel Mateus (cap), Tico, Fábio Damaso (Arnaldo), Luis Torres (Leonardo Lista), Cristiano.

Treinador: Jorge Peralta

Suplentes não utilizados: Mário Robalo, Formiga, Duarte, Fábio Marques.

*Jorge Duarte – parceria rádio Hertz e mediotejo.net

Irreverente, frontal e critico. Nasceu em Abrantes no melhor ano do
século passado: 1969, ano em que o Homem foi à Lua. Nos tempos de liceu queria ser jornalista, tendo optado por essa área, onde pela mão do Prof. Alcino Serras deu os primeiros passos na profissão, tendo começado mais a sério na Radio Antena Livre, no final da década de 80. Desde essa altura, o 'bichinho' ficou, tendo colaborado com várias rádios e jornais. Gosta de colecionar amigos e de se dar bem com toda a gente (mesmo sabendo que isso não é possível).

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome