Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Agosto 3, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol: U.Tomar de serviços mínimos perante Ouriense audaz a jogar com 9

10 de abril de 2016, 16 horas, Tomar

- Publicidade -

Campeonato Distrital da 1ª Divisão de Seniores da Associação de Futebol de Santarém

União Futebol Comércio e Indústria de Tomar 1 – Clube Atlético Ouriense 0

- Publicidade -

Crónica do jogo por Jorge Duarte

IMGP0120
Jorge Duarte

Jogo entre extremos da tabela classificativa, com os da casa a precisarem de um ponto para garantirem de vez o terceiro lugar, enquanto o Atlético Ouriense necessitava de uma vitória para assegurar o mais rapidamente possível a manutenção.

Foram mesmo os comandados de Marco Ramos a tomarem conta da partida em busca do golo, o que surpreendeu o homens da casa, que no entanto quando tinham a bola chegavam rapidamente junto da baliza do Ouriense, onde Stéfane começou desde cedo a deixar a sua marca no jogo, ao realizar um par de boas intervenções.

12973356_1152755604755728_3433537277579029822_o
Na primeira parte foram poucas as vezes que a bola rondou as balizas. Foto João Pereira Fidalgo

Estava assim dado o mote para toda a primeira parte. Jogo bem disputado, mas não muito aberto, com pouco espaço para se encontrar as balizas. Mesmo assim, o União de Tomar conseguiu quatro ocasiões de golo, que não concretizou devido a Stéfane, que correspondeu sempre bem aos remates de Wemerson e Tiago Vieira. Do lado ouriense foram Miguel Pereira e Rafael Matias que estiveram mais perto do golo.

Como ninguém conseguiu marcar, o empate era o resultado certo ao intervalo, embora antes do último apito dos primeiro quarenta e cinco minutos, o Ouriense tenha ficado reduzido a dez elementos por expulsão (duplo amarelo) de PP.

Se a primeira parte tinha acabado mal para o Ouriense, mal começou a etapa complementar, pois Tiago Ferreira ao derrubar Wemerson na sua área, comete grande penalidade e recebe ordem de expulsão. Este seria o lance capital do jogo, pois não só deixava os visitantes a jogar com nove elementos, como deu o único golo da partida.

12983288_1152755718089050_6646976308150943478_o
Wemerson da marca de 11 metros não desperdiçou e colocou os nabantinos em vantagem. Foto João Pereira Fidalgo

Apesar do golo sofrido e da inferioridade numérica, os ourienses conseguiram evitar o segundo golo nabantino e ainda tiveram a audácia de se aventurar no ataque. Os jogadores tomarenses não aproveitar os espaços para “matar” o jogo, pelo que pairou no ar a possibilidade do empate, que a acontecer seria um prémio para a entrega dos forasteiros um castigo para o relaxamento do da casa.

Apesar de alguma contestação do lado do Ouriense, o árbitro Edgar Duarte esteve bem, assim como os seus auxiliares João Calouro e Pedro Soares.

12977162_1152755421422413_3636623204809399245_o (2)
Saudação das três equipas ao público presente no Estádio Municipal de Tomar. Foto João Pereira Fidalgo

Ficha do jogo

Estádio Municipal de Tomar

Árbitros: Edgar Duarte, João Calouro e Pedro Soares

12970869_1152755491422406_4390633927019712440_o
Trio de arbitragem e capitães de equipa na escolha de campo

União FCI Tomar

Fábio Silva, Filipe, Fábio Vieira, Nuno Rodrigues, Douglas, Luís Pedro, Diogo Moreira (Pélé), Bruno Araújo (Dilan), David Vieira, Wemerson (Telmo) e Tiago Vieira

Suplentes: Brito, Pedro Figueiredo, Dilan, Telmo, Queijinho, Hugo e Pélé

Treinador: Lino Freitas

CA Ouriense

Stéfane, Lagoa, Tiago Vieira, PP, Toni, Jota, Dino, Rafael Matias (Palheta), Miguel Pereira (Capão), Patrick (Zuca) e Zim

Suplentes: Rafael, Mika, Dioguinho, Palheta, Zuca, Capão e Pedro Gordo

Treinador: Marco Ramos

Marcador: Wemerson (47′)

Cartão amarelo: Diogo Moreira e Bruno Araújo; PP (2)

Cartão Vermelho: Tiago Ferreira e PP

Tem 41 anos e uma profissão que tudo tem que ver com jornalismo e informação... Engenheiro Eletrotécnico. O gosto pela informação desportiva ganhou-o ainda criança com o pai e a mãe na rádio. A informação escrita é uma nova aventura. Acredita que o desporto é fator de promoção e desenvolvimento regional e de aproximação "das gentes", pelo que noticiá-lo é um imperativo. Praticou várias modalidades, foi treinador e árbitro de basquetebol. É casado e tem uma filha que o obriga a correr. Colabora na Antena Desportiva da rádio Antena Livre, sendo a rádio uma das suas maiores paixões.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome