Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | TSU vence, convence e lidera invicto na 2ª divisão

No domingo, dia 19 de novembro, o conjunto de resultados da 4ª jornada da segunda divisão distrital da AF Santarém, série A, ditou que o Tramagal Sport União, equipa orientada por Rui Horta, assumisse o topo da tabela classificativa, com quatro vitórias em outros tantos jogos disputados. Desta vez, no Campo de Jogos Comendador Eduardo Duarte Ferreira, o TSU venceu de forma clara o Espinheirense por 3-0.

- Publicidade -

 

- Publicidade -

A equipa do TSU entrou dominador na partida. Aos 10 minutos, Singéis falha isolado na cara do guarda redes. Estava feito o primeiro aviso. Aos 15 minutos surge o único lance de perigo por parte da equipa do Espinheirense no primeiro tempo, um livre desviado na barreira que obrigou Chico a uma boa defesa.

À passagem dos 20 minutos chegariam os golos. O 1º dos quais aos 21 minutos, apontado por Rui Oliveira, que aparece no coração da área desviando de cabeça para o fundo das redes.

Não foi preciso esperar muito mais para o marcador voltar a mexer. Um minuto depois a equipa da casa recupera a bola no meio campo e Gonçalo Fernandes isola Carlos pisco com um passe de régua e esquadro. O jovem extremo fez um belo chapéu na cara do guarda-redes e dilatou a vantagem dos azuis para dois golos.

O TSU somou a quarta vitória consecutiva e é líder isolado na 2ª divisão. Foto: mediotejo.net

Ainda no primeiro tempo, aos 39 minutos, Singéis falha um cabeceamento na pequena área após cruzamento de Bernardo Duarte. Mérito para o guardião adversário.

O mesmo guardião que no lance seguinte viria a ser expulso após entrada violenta sobre Bernardo Duarte fora da sua área. Não havendo guarda-redes suplente, o treinador Marco Torres é obrigado a sacrificar um jogador de campo para a baliza.

2-0 era o resultado ao intervalo.

Na segunda parte viu-se mais do mesmo, a equipa do Espinheirense com um jogador a menos limitava-se a ver jogar o TSU, com uma estratégia bem delineada e executada pelo grupo.

Aos 48 minutos falta na área do Espinheirense e penalti para o TSU. Singéis, chamado a converter na zona de 11 metros, permite a defesa do guarda-redes.

.

Aos 57 minutos surge o 3-0. Marçalo, que acabara de entrar para o lugar de Bernardo Duarte, aproveita uma distração da defesa e amplia a vantagem.

Aos 80 minutos TSU conquista novo penalti após arrancada de Tonicha que foi parado em falta já dentro da grande área, mas novamente o improvisado guardião leva a melhor sobre Singéis.

Até ao final o marcador não iria sofrer qualquer alteração. vitória justa e sem contestação do TSU, que obteve a quarta vitória consecutiva e que passa a liderar a série A isolado.

Ficha de jogo:

Tramagal:

Chico (gr); Rui Matos; Condeixa; Rui Oliveira; Gonçalo Fernandes (C); Pisco; Bruno China; Bruno Barata; Singéis; Bernardo; Alex

  »Suplentes: Jaime; Tonicha; Rui Pinheiro; Bruno Catarino; João Barata; Marçal; Artur

Espinheirense:

Bruno Torres (GR), Gabril Jorge; Artur; Pinto; Carrapito; Quicã; Montez; Ricardo; Rodrigo; Afonso; Gonçalo

»Suplentes: João Gomes; Mix; Caetano; Rafa; Xavier; Timóteo; França

Análise de Rui Horta, treinador do TSU:

“Em relação ao jogo, em primeiro lugar, é uma vitória justa do Tramagal Sport União, não há contestação em relação ao resultado, a equipa do Espinheirense não teve qualquer oportunidade de golo, nós tivemos várias, tivemos uma avalanche ofensiva e demonstrámos qualidade no processo defensivo. Penso que o resultado foi completamente justo.”

“Rui Horta, treinador do TSU”

Análise de Marco Torres (Espinheirense):

“Acho que houve ali um momento a partir dos 20min de jogo em que sofremos 2 golos seguidos com uma grande desorientação defensiva infelizmente. Acho que entrámos um bocadinho receosos, acho que a justificação para isso é talvez pela tabela classificativa, pela posição que vinhamos a ocupar, vir disputar aqui ao Tramagal o primeiro lugar, com uma excelente equipa bem orientada, já tínhamos boas referências deles. Parabéns para a equipa do Tramagal que fez um excelente jogo, e nós agora é levantar a cabeça e no fim fazemos contas aos pontos que temos”.

“Marco Torres, treinador do Espinheirense”

 

João Mogas tem 20 anos e sempre adorou praticar desporto, principalmente futebol. Tem familiares com grande experiência na comunicação social e vai começar desde já a tentar aprender algo com os mesmos. Sonha um dia exercer profissão na área de fitness e ginásio.
Henrique Faustino tem 20 anos, é estudante, fã incondicional de desporto e desde cedo mostrou algum interesse na informação desportiva. Sonha um dia ser treinador profissional de futebol.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome