Futebol | Tramagal fora da Taça do Ribatejo ao perder com o União de Santarém (C/fotos e audio)

Festa da Taça no Comendador.

TRAMAGAL SPORT UNIÃO 0 – UNIÃO DESPORTIVA DE SANTARÉM SAD 1
Taça do Ribatejo – Grupo 3 – 3ª jornada
Campo Comendador Eduardo Duarte Ferreira
Tramagal
25-11-2018

PUB
Muita água no terreno de jogo foi dificuldade acrescida.

Numa tarde chuvosa e fria encontraram-se no Comendador duas equipas de escalões diferentes para a sempre aguardada festa da Taça. Competia aos atletas de borboleta ao peito contrariar o favoritismo do primodivisionário União de Santarém.

No relvado encharcado, ainda assim praticável, entrou melhor a equipa da capital do distrito e logo aos sete minutos Bexiga cabeceou muito perto da trave da baliza à guarda de João Félix. No minuto seguinte um cruzamento do lado esquerdo do ataque escalabitano encontrou Pratas que adiantou ligeiramente o esférico permitindo a defesa do guarda redes tramagalense.

PUB
Acerto defensivo dos tramagalense evitou resultado dilatado.

A equipa de Mário Ruas tinha mais posse de bola mas as oportunidades de golo eram escassas pelo acerto da defesa “azul” onde pontificavam os estreantes Variado e Daniel.
Ainda assim coube-lhe a melhor ocasião, aos 12 minutos, quando Noque se isolou e na cara de João Félix permitiu uma enorme defesa deste, embatendo o esférico com estrondo no poste.

Condeixa e Noque mantiveram despique de elevada intensidade.

A equipa da casa começou a equilibrar a partida, com muita segurança defensiva, espreitando um possível contra ataque. Ainda assim o União voltou a causar calafrios num remate de Bexiga, aos 27 minutos, que embateu num defensor e saiu para canto. Na sequência do canto a defesa tramagalense não foi lesta a afastar o esférico propiciando vários remates. Variado acabou por esconjurar o perigo.

PUB

No contra ataque, em superioridade numérica, os comandados de Rui Horta permitiram a intervenção da defesa contrária.

Singéis em luta com três escalabitanos.

Aos 34 minutos o Tramagal podia ter chegado ao golo. Num contra ataque conduzido por dois dos seus jogadores mais experientes, David Nunes e Rui Costa, o guarda redes Rúben rematou contra David Nunes, o esférico ganhou altura e o jogador tramagalense ensaiou um vistoso pontapé de bicicleta. Rúben já se havia recomposto e defendeu sem dificuldade.

David Nunes com um belíssimo gesto técnico.

Todos ansiavam pelo descanso e os minutos até o intervalo foram desprovidos de motivos de interesse. Ao intervalo o nulo castigava a fraca produtividade atacante dos escalabitanos e premiava o acerto defensivo dos “azuis”.

Jogo teve momentos interessantes.

Mário Ruas “mexeu” no xadrez no descanso tirando Vitor e lançando Telmo no jogo.
O União de Santarém queria colocar-se a salvo de qualquer surpresa e começaram ao ataque. Um cruzamento bem medido do lado esquerdo apanhou Noque em boa posição mas chocou com o guarda redes João Félix e Condeixa afastou o perigo. Com 48 minutos de jogo um canto voltou a levar perigo à defensiva da casa. Vários remates interceptados e a bola afastada para longe foi tudo o que resultou do lance.

O minuto 51 poderia ser de glória para o jovem Calado. Recebeu um cruzamento de Monteirinho, não conseguiu recepcionar, e após novo cruzamento tentou o pontapé de calcanhar. Bonito mas ineficaz já que o guarda redes estava atento e defendeu.

A equipa da casa, a jogar mais direto já que o piso começava a dar sinais de estar saturado de água, ia ameaçando a baliza da equipa de Santarém. Aos 62 minutos, Leandro, já dentro da área, rematou para defesa de Rúben.

Rui Costa sofre entrada pouco ortodoxa.

O minuto seguinte seria aquele que iria fazer a história do encontro. Ganhão acudiu a um cruzamento da direita e cabeceou para a baliza não dando qualquer hipótese de defesa.
O Tramagal acusou o golo e levou algum tempo a recompor-se.

Aos 77 minutos, com o União de Santarém a jogar com dez unidades por lesão de Noque, a equipa “metalúrgica” começou a aparecer mais perto da baliza de Rúben e um cruzamento passou por toda a gente sem ninguém conseguir dar o toque final.

Lance aéreo entre Ganhão e David Nunes.

No minuto 90, um livre favorável aos visitantes, batido ao primeiro poste, levou João Félix a cuidados redobrados. Entretanto subiu a placa a assinalar os quatro minutos de compensação. No terceiro desses minutos Leo isolou-se, fruto do adiantamento da equipa da casa, e proporcionou o corte “in extremis” de Condeixa.

Com o tempo a esgotar-se, na sequência de dois cantos consecutivos, Leandro rematou contra o guarda redes.

Leandro impõe o físico em lance vistoso.

O árbitro Diogo Pereira deu o jogo por terminado. Resultado justo pelo maior labor dos escalabitanos. Seguem na Taça do Ribatejo com todo o mérito. O Tramagal deu uma boa resposta valorizando o espetáculo e o empate não escandalizaria. Arbitragem com alguns equívocos mas sem influência no resultado. Terá de procurar uniformizar os critérios.

Muita luta a meio campo.

FICHA DO JOGO

TRAMAGAL SPORT UNIÃO:
João Félix, André Valente (André), Condeixa, Daniel, Variado, Rui Costa, David Nunes, Calado, Leandro, Singéis (Dany) e Monteirinho (Pisco).
Suplentes não utilizados: Jaime, Pedro Bráz e Alfaro.
Treinador: Rui Horta.

Tramagal Sport União.

UNIÃO DESPORTIVA DE SANTARÉM SAD:
Rúben, Duarte, Rony, Nuno Afonso (David), Adilson, Ganhão, Bexiga (Jú Clayton), Vitor (Telmo), Leo, Noque e Pratas.
Suplentes não utilizados: Coli, Fabinho, Pedro Augusto e Serginho.
Treinador: Mário Ruas.

União Desportiva de Santarém SAD.

GOLO: Ganhão (U.Santarém).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
Diogo Pereira, Rodrigo Viana e Samuel Dionísio.

Equipa de arbitragem: Diogo Pereira, Rodrigo Viana e Samuel Dionísio com os capitães.

No final ouvimos os técnicos de ambas as equipas:

Rui Horta-Treinador do TSU.

 

Mário Ruas-Treinador do U.Santarém.

*Com David Belém Pereira (fotos).

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here