Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 19, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | Torneio Cidade de Torres Novas/ Vitória sofrida da equipa da casa diante do Amiense (c/fotos e audio)

CLUBE DESPORTIVO DE TORRES NOVAS 3 – CLUBE DESPORTIVO AMIENSE 2
Torneio Cidade de Torres Novas/ Final
Estádio Municipal Dr.António Alves Vieira
Torres Novas
01-09-2018

- Publicidade -

Foto: mediotejo.net

Após vencerem os jogos da véspera, o Torres Novas e o Amiense apresentaram-se a jogo com os seus melhores argumentos com os olhos postos no primeiro troféu da época, no âmbito do Troféu Cidade de Torres Novas.
Jogo disputado por duas equipas que irão militar na categoria maior da Associação de Futebol de Santarém. A equipa de Nando Costa apresentou-se com uma estrutura atacante, com linhas subidas e apenas com três centrais na defensiva.

- Publicidade -

Foto: mediotejo.net

Apesar do rápido encaixe das equipas as primeiras oportunidades foram da equipa da casa.
Aos nove minutos o Torres Novas fez o primeiro aviso com a bola a passar muito perto da baliza à guarda de Mário. À passagem do quarto de hora, Major cabeceou para excelente defesa do jovem Mário mas o lance estava anulado por fora de jogo.

Estava melhor a equipa “verde-amarelo” e chegou ao golo em cima do minuto 20. Mário rasteirou um atacante da equipa da casa, quando já o havia ultrapassado, e o árbitro apontou a marca dos onze metros.

Foto: mediotejo.net

Daí, Rafa não vacilou e colocou a sua equipa na frente do marcador. O Amiense tentou reagir e num livre, aos 4 minutos, obrigou o guarda redes Quaresma a defesa para canto.
Dois minutos depois os torrejanos beneficiaram de um livre do lado direito do seu ataque no prolongamento da linha da grande área.

Foto: mediotejo.net

Dany, com um remate bem colocado, não deu hipóteses de defesa a Mário e aumentou o “score” para a sua equipa. Procurava a equipa de Amiais abeirar-se da baliza contrária mas a bem escalonada defesa do Torres Novas não lhe deixava grande margem de manobra.

Aos 43 minutos Miguel Mateus tentou de longe mas contou com a defesa atenta de Ricardo Quaresma. No minuto seguinte, mesmo a terminar o tempo regulamentar, um atacante de Amiais é derrubado na área e o árbitro marcou o castigo máximo. Da troca de palavras que se seguiu resultou a expulsão de Ricardo Dias.

Na marca de penalti Miguel Mateus desfeiteou Quaresma que, apesar de ainda ter tocado o esférico, foi batido. De seguida o árbitro determinou que era tempo de descanso.

Foto: mediotejo.net

Com mais uma unidade em campo, a equipa de Jorge Peralta apresentou-se mais atacante e procurou o tento do empate. Pertenceram-lhe as melhores oportunidades nesta fase do jogo.

Aos 50 minutos, um cruzamento bem medido do lado esquerdo do seu ataque deixou Luís Duarte em boa posição para alvejar a baliza torrejana onde pontificava agora Nabais. Luís Duarte chegou um tudo nada atrasado e o lance gorou-se.

Seis minutos volvidos, fruto dum roubo de bola, Moleiro contou com forte oposição de Nabais naquilo que parecia um golo certo. Mais recuada, a equipa da casa espreitava um “chance” de contra atacar.

Foto: mediotejo.net

À hora de jogo ganhou um livre direto, em posição frontal, ainda longe da àrea. Encarregue da marcação, João António, com uma execução perfeita, fez o terceiro golo para a sua equipa.

A equipa do Amiense não se conformou e continuou a atacar, tentando reduzir a expressão do marcador. Moleiro, aos 61 minutos, teve na cabeça um boa oportunidade ao responder a um cruzamento perfeito. Saiu por cima do travessão.

Foto: mediotejo.net

No contra golpe, André Pedro obrigou Mário a aplicar-se para travar o forte remate.
A bola rondava ambas as balizas num desafio em que os jogadores se empregavam a fundo. Aos 64 minutos, Ricardo Peralta teve um bom desvio a um cruzamento do lado esquerdo que terminou nas luvas de Nabais.

Três minutos depois, aos 67, Moleiro rematou de longe. A bola passou perto do poste mas perdeu-se pela linha de fundo. No minuto seguinte Dany tentou repetir a fórmula do golo feito na primeira parte. No livre a bola ficou na barreira.

Na resposta foi mais feliz Fábio Isabelinha que, com remate bem medido na sequência de um livre direto, reduziu para a diferença mínima.

Foto: mediotejo.net

Ainda com 20 minutos para jogar o jogo perdeu qualidade, o cansaço era evidente e as jogadas a roçarem o limite do aceitável sucederam-se.
Começou a haver pouco futebol e o jogo acabou, no tempo regulamentar, com um enorme “sururu” após entrada violenta de um jogador visitante sem bola e com o jogo parado.

Foto: mediotejo.net

Tudo foi sanado rapidamente e o bom senso imperou e foi em clima de festa que os troféus foram entregues. Bom jogo com ambos os conjuntos a deixarem antever um campeonato disputado.

A classificação do Troféu ficou assim ordenada:
1º- Clube Desportivo de Torres Novas
2º- Clube Desportivo Amiense
3º- G.D.R.C.Unidos
4º- Clube Atlético Riachense

Foto: mediotejo.net.

FICHA DO JOGO:

CLUBE DESPORTIVO DE TORRES NOVAS:
Ricardo Quaresma, Fábio Timor, Dany, Rafa, João António, Joel, Ricardo Dias, Ricardo Major, Júlio Batista, Dinis e Sudesh.
Suplentes: Nabais, Canais, João Alves, Tiago, Edgar, Sérgio Pedro, André Pedro, Faneca, Francisco Gonçalves e Francisco Salgueiro.
Treinador: Nando Costa.

Clube Desportivo de Torres Novas.

CLUBE DESPORTIVO AMIENSE:
Mário, Fábio Marques, Formiga, Tiago Mateus, Ricardo Peralta, Costinha, Tico, Miguel Mateus, Ricardo Rei, Ganso e Leonardo Lista.
Suplentes: Leandro, Bernas, Diogo Antunes, Filipe Dâmaso, Fábio Isabelinha, Luís Duarte, Moleiro e Pedro Lourenço.
Treinador: Jorge Peralta.

Clube Desportivo Amiense.

GOLOS:
Rafa, Dany e João António (T.Novas); Miguel Mateus e Fábio Isabelinha (Amiense).

EQUIPA DE ARBITRAGEM:
António Henriques, Luís Antunes e Carlos Lopes.

Equipa de arbitragem.

No final fomos ouvir os técnicos das equipas envolvidas na final do Torneio Cidade de Torres Novas:

Nando Costa-Treinador do T.Novas.

Jorge Peralta-Treinador do Amiense.

*Com David Belém Pereira (fotos).

Nasceu a 30 de Janeiro de 1961 em Lisboa e cresceu no Alentejo, em Santiago do Cacém. Dali partiu em 1980 para ingressar no Exército e no Curso de Enfermagem. Foi colocado em Santa Margarida e por aqui fez carreira acabando por fixar-se no Tramagal em 2000. A sua primeira ligação à Vila "metalúrgica" surge em 1988 como Enfermeiro do TSU. Munido da sua primeira câmera digital, em 2009 e com a passagem à situação de reserva, começou a registar a fauna do Vale do Tejo, a natureza e o património edificado da região, as ruas, as pessoas... Com colaborações regulares em jornais da região e nacionais este autodidata acaba por conseguir o reconhecimento público, materializado em alguns prémios. Foi galardoado na 8ª Gala de Cultura e Desporto de Tramagal na categoria de Artes Plásticas (Fotografia) em 2013.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome