Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Futebol | Tomar vence Torres Novas em jogo de loucos e segura liderança (C/ÁUDIO e FOTOS)

UNIÃO F.C.I. TOMAR 5 – CD TORRES NOVAS 4

- Publicidade -

Campeonato Distrital 1ª Divisão AF Santarém | 10ª jornada 

Estádio Municipal de Tomar – 21/11/2021

- Publicidade -

Tarde cinzenta no Municipal de Tomar para o encontro de dois clubes históricos do distrito de Santarém. A equipa de Tomar a atravessar um bom momento de forma e a liderar o campeonato da 1ª divisão distrital recebeu uma equipa de Torres Novas que, apesar de estar a meio da tabela classificativa, é uma das equipas mais concretizadoras deste campeonato o que em Tomar se voltou a comprovar.

Excelente espetáculo em Tomar, entre duas boas equipas da 1ª divisão distrital de Santarém

Excelente jogo de futebol com muitos golos, alternâncias no marcador e mais uma série de oportunidades não concretizadas. Emoção do início ao fim entre duas equipas que se conhecem bem e se respeitam mutuamente, num jogo que teve sinal mais inicial do Tomar.

A equipa de Filipe Pinto dominou os primeiros 20 minutos de jogo e logo aos três minutos, num lançamento longo pela linha lateral do lado esquerdo do ataque da equipa nabantina, Wemerson, bem colocado na área, cabeceia colocado, com a bola a sair ligeiramente por cima da baliza defendida por Rui.

Jogo intenso e muito disputado proporcionou nove golos

Aos 5 minutos o Tomar teve nova oportunidade, pelo inevitável Wemerson. O possante avançado dispôs de uma oportunidade flagrante, depois de tirar um defesa do caminho, e só com o guardião pela frente não conseguiu introduzir a bola na baliza muito por mérito da excelente mancha efetuada por Rui, guarda-redes do Torres Novas.

Tomar e Torres Novas disputaram os três pontos até ao apito final do árbitro

O União de Tomar entrou decidido a resolver o jogo cedo e aos 15 minutos, numa excelente desmarcação de David Vieira no lado direito do seu ataque nabantino, este efetua um cruzamento atrasado para a entrada do capitão Siaka Bamba que, num potente remate, faz a bola passar ligeiramente por cima da baliza do guardião torrejano.

O União de Tomar atravessava uma excelente fase e aos 17 minutos volta a criar perigo junto da baliza adversária. Um bom ensaio do ataque nabantino com excelente desmarcação de Leandro Filipe descaído para o lado esquerdo a rematar forte, mas mais uma vez ao lado da baliza torrejana.

União de Tomar entrou muito forte na partida

Só dava Tomar e estava difícil aos torrejanos aliviarem o caudal atacante da equipa da casa. Aos 21 minutos de jogo, a equipa de Filipe Pinto volta a mostrar uma excelente jogada no ataque pelo lado esquerdo e que resultaria no primeiro golo da partida, após mais um cruzamento para a entrada da área.

Siaka Bamba desta vez não desperdiçou e com um remate fortíssimo assinou o primeiro golo do encontro para o Tomar, colocando justiça no marcador pelo futebol desenvolvido até então.

União de Tomar festeja um dos cinco golos marcados ao Torres Novas

A equipa torrejana reagiu bem e partiu para cima do adversário. Decorridos 23 minutos ganhou mesmo uma grande penalidade. Miguel chamado a converter atira para o seu lado direito enquanto o guardião Ivo Cristo se atira para o lado contrário. Estava feito o empate no Municipal de Tomar, um resultado que, na altura, não espelhava o que se passava nas quatro linhas, mas que seria um indicador da capacidade de reação dos torrejanos.

Golo do Torres Novas de grande penalidade.

Os amarelos melhoravam o seu jogo a partir do empate e equilibraram a partida. Aos 33 minutos, numa excelente jogada de ataque pelo lado direito, num cruzamento para a área surge Prates a rematar forte para dentro da baliza fazendo com que a equipa de Torres Novas passasse para a frente do marcador. Estava consumada a primeira cambalhota no marcador e a equipa visitante vencia agora na casa do líder por 1-2.

Mas a equipa tomarense reagiu de pronto e aos 37 minutos, num bom lance de futebol conduzido pelo lado direito do seu ataque, um cruzamento venenoso leva o defesa Dias, numa tentativa de afastar o perigo, a introduzir a bola na própria baliza dando o empate ao União de Tomar, e fixando o resultado no 2–2 com que terminaria a primeira parte.

Primeira parte muito disputada terminou com um empate a dois golos

A segunda parte prometia e não desiludiu os amantes do futebol. Com o apito para o arranque da segunda metade do encontro, foi novamente a equipa de Tomar a entrar mais forte no jogo e logo no primeiro minuto Pedro Pires, numa insistência, remata ao segundo poste, com a bola a sair ligeiramente ao lado. Não marcou o Tomar, faturou o Torres Novas.

Aos 7 minutos do segundo tempo, os amarelos voltaram a adiantar-se no marcador e novamente por Prates, que bisou na partida. Num ataque pelo lado esquerdo e num ângulo muito difícil, Prates colocou a bola no poste mais distante fazendo um excelente golo. Estava feito o 2-3 para a equipa de Torres Novas e ainda havia muito para jogar.

Torres Novas festeja o 2-3 em Tomar. Mas ainda havia muito para jogar

Se o jogo estava intenso e emotivo dentro das quatro linhas, não estava menos espetacular para o público que assistiu a um verdadeiro hino ao futebol, com ambas as equipas num constante e vertiginoso ataque e contra ataque, na busca de golos.

Aos 17 minutos, a equipa de Filipe Pinto voltou a empatar a partida. Alguma confusão na área da equipa de Torres Novas, com Wemerson a aproveitar para ganhar a bola e atirar a contar para o fundo da baliza. Estava feito o 3-3.

Disputa pela conquista da bola foi uma constante em Tomar, num jogo muito intenso

A remontada tomarense chegou aos 36 minutos, com os nabantinos a voltarem para a frente do marcador. Através de um pontapé de canto do lado direito, alguma confusão na área e, de cabeça, Leandro Filipe não se fez rogado e marcou o 4-3. 

A resposta ao golo foi pronta por parte do Torres Novas, equipa que mostrou coragem e um querer de enaltecer. Todavia, com a equipa torrejana balanceada para a frente em busca do golo que lhe daria o empate, um contra-ataque da equipa nabantina permite ao conjunto de Filipe Pinto chegar ao 5-3 por intermédio de Anderson. O avançado apareceu isolado e não desperdiçou a oportunidade, atirando a contar para o fundo da baliza.

União de Tomar festeja uma vitória tão saborosa quanto difícil, e que lhe permite manter a liderança na tabela

Num último lance antes do apito final, através de um pontapé livre para a equipa de Torres Novas frontal à baliza, a equipa de Pedro Pereira ainda reduziu para 5-4, num excelente remate que Ivo Cristo não conseguiu segurar. Na recarga, Miguel só teve que empurrar a bola para dentro da baliza, mas já era tarde para mais golos e para conseguir um resultado positivo.

Com o apito final do árbitro, que contribuiu com um bom trabalho para o desenrolar do espetáculo, terminou um excelente jogo de futebol, daqueles em que apetece dizer que ninguém merecia perder tal o empenho dos jogadores.

O apoio do União de Tomar ao atleta Luís Alves

Jogo emotivo em Tomar com várias alternâncias no marcador sendo justa a vitória tomarense, num dia em que ficou marcado pela homenagem ao jogador Luis Alves que infelizmente teve de deixar de jogar futebol, devido a uma doença do foro cardíaco. 

FICHA DE JOGO:

EQUIPA DE ARBITRAGEM: Henrique Paula, Diogo Pereira e Pedro Lopes.

União de Tomar

UNIÃO DE TOMAR:

Ivo Cristo, David Vieira, Luís Caetano, Filipe Cotovio, Gulherme Graça, Tiago Luzio, Tiago Vieira, Leandro Filipe, Siaka Bamba, Wemerson e Pedro Pires.

Suplentes: Francisco Esteves, Diogo Ismail, Anderson, Douglas Pissona, Fábio Luzio e Crystian Pedroso.

Treinador: Filipe Pinto

Torres Novas

CD TORRES NOVAS:

Rui, Nuno, J. Alves, Dias, Cunha, Tozé, Messi, Becas, Prates, Miguel e Cláudio Major.

Suplentes: Rodrigo, Fábio timor, Tiago Ferreira, Miguel, Zé Brites, Tomás Mira e Pedro Reis.

Treinador: Pedro Pereira

GOLOS: Siaka Bamba, Anderson, Miguel (2), Prates (2), Dias (auto-golo), Leandro Filipe.

No final ouvimos os treinadores:

Filipe Pinto, treinador do União de Tomar

ÁUDIO | FILIPE PINTO, TREINADOR DO UNIÃO DE TOMAR:

Pedro Pereira, treinador do Torres Novas

ÁUDIO | PEDRO PEREIRA, TREINADOR DO TORRES NOVAS:

Natural e residente em Tomar, tem como profissão Distribuidor, mas é com a fotografia que se identifica. É amante desta arte em geral, mas a sua verdadeira paixão é a Natureza e Vida Selvagem e os Retratos. É autor do livro de fotografia “Alma Nabantina” e fundador/administrador dos grupos do Facebook “Amigos da Fotografia de Tomar” e "Fauna de Tomar”. Colabora na área de fotografia na imprensa regional e local e já em 2018 foi júri convidado de dois concursos de fotografia. Neste ano conta também com duas exposições de fotografia coletivas, preparando atualmente a terceira.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome